PUBLICIDADE
Topo

Noronha volta a exigir exame de covid-19 e máscara para a entrada nas ilhas

Praia do Sancho, em Fernando de Noronha: novas regras na ilha - Getty Images/iStockphoto
Praia do Sancho, em Fernando de Noronha: novas regras na ilha Imagem: Getty Images/iStockphoto

De Nossa

14/01/2022 13h57

O arquipélago de Fernando de Noronha voltou a exigir na quinta-feira (13) a apresentação de resultado negativo em exame do tipo PCR-RT para a covid-19 realizado até 48 horas antes do embarque para ser liberada a entrada nas ilhas.

Também permanece necessária a apresentação da carteira digital de vacinação, como a da plataforma ConecteSUS, em que conste imunização com duas doses de quaisquer vacinas aprovadas pela OMS (Organização Mundial de Saúde), inclusive a da Janssen.

Além disso, o uso de máscaras — que havia sido eliminado em espaços públicos ao ar livre — volta a ser obrigatório no território. Estas medidas, que segundo a administração de Fernando de Noronha, se mostraram eficazes em outros momentos da pandemia, visam conter o avanço da variante ômicron no país.

Com essa nova onda de contágio pelo coronavírus, precisamos de medidas que garantam a saúde da nossa população. O retorno da exigência do exame RT-PCR para entrada na ilha, além das duas doses da vacina, que permanecem sendo cobradas, trazem uma maior segurança para todos. É importante entendermos que a pandemia ganha novos contornos a partir da nova variante e temos que estar preparados, readaptando nosso protocolo para proteger toda a nossa comunidade, bem como os nossos visitantes." Justificou o administrador do arquipélago, Guilherme Rocha, em nota oficial.

Crianças entre 7 e 11 anos, que até o momento ainda não foram vacinadas em todo o país, terão apenas o PCR cobrado. Já menores de 0 a 6 anos não precisam apresentar o exame.

A equipe de Vigilância em Saúde do arquipélago colocou à disposição do público um serviço tira-dúvidas a respeito dos protocolos de viagem, através do WhatsApp. O atendimento é feito de segunda à sexta, das 8h às 12h e das 14h às 17h, e aos sábados, das 8h às 12h, através dos números (81) 98494-0313, (81) 98494-0520 e (81) 99488-4366.