PUBLICIDADE
Topo

Itapemirim orienta passageiros sobre remarcação de voos; saiba o que fazer

Veja quais passageiros serão priorizados pela Itapemirim para a remarcação de voos e detalhes sobre o reembolso - San Junior/Uai Foto/Estadão Conteúdo
Veja quais passageiros serão priorizados pela Itapemirim para a remarcação de voos e detalhes sobre o reembolso Imagem: San Junior/Uai Foto/Estadão Conteúdo

Eduardo Vessoni

Colaboração para Nossa

18/12/2021 16h00

Após surpreender passageiros com a anúncio da suspensão temporária de seus voos, a Itapemirim Transportes Aéreos se pronunciou agora à tarde sobre procedimentos de remarcação de voos cancelados.

Segundo a empresa, que só hoje (18/12) tinha 30 voos programados para diferentes destinos, a prioridade será dada para passageiros que estejam fora de sua cidade de domicílio e precisem retornar para casa.

A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) informou também que a prioridade deveria ser a reacomodação de pessoas com necessidades especiais e menores desacompanhados que estavam em "processo de deslocamento", entre a noite de sexta-feira (17/12) e a manhã deste sábado (18/12).

A companhia aérea informou também em nota enviada à imprensa que os demais passageiros serão atendidos prioritariamente com reembolso total. Porém, ainda não foi informado o prazo para a devolução dos valores já pagos pelas passagens.

Sem licença para voar

Passageiros protestam no aeroporto de Guarulhos após voos cancelados do grupo Itapemirim - Werther Santana / Estadão Conteúdo - Werther Santana / Estadão Conteúdo
Passageiros protestam no aeroporto de Guarulhos após voos cancelados do grupo Itapemirim
Imagem: Werther Santana / Estadão Conteúdo

A ANAC, que ontem mesmo suspendeu o Certificado de Operador Aéreo da Itapemirim, já havia notificado a companhia aérea sobre as medidas que deveriam ser tomadas no atendimento aos passageiros, como a imediata suspensão da comercialização de passagens aéreas.

A agência reguladora orienta também que passageiros não se dirijam ao aeroporto e que façam contatos com a empresa apenas por canais como call center ou por e-mail (falecomaita@voeita.com.br).

De acordo com Resolução ANAC nº 400/2016, a companhia aérea deve oferecer também alternativas aos passageiros impedidos de voar, incluindo outros meios de transporte, assistência material e compensações financeiras devidas.

A ANAC orienta também o registro no site Consumidor.gov.br que, desde o início das operações da empresa, em junho deste ano, já tem mais de mil reclamações finalizadas, com um índice de 59,2% de casos solucionados.

Em plena pandemia e em meio à uma recuperação judicial do grupo Itapemirim, a aérea teve seu voo inaugural no dia 29 de junho deste ano, entre São Paulo e o aeroporto de Brasília, e prometia ter como hubs (centro de operações e conexões) os aeroportos de Guarulhos, Confins (MG) e Brasília.