PUBLICIDADE
Topo

86% dos brasileiros não se parecem com foto do passaporte após pandemia

A grande maioria dos brasileiros já não se reconhece na foto do passaporte após os longos períodos de isolamento - Getty Images
A grande maioria dos brasileiros já não se reconhece na foto do passaporte após os longos períodos de isolamento Imagem: Getty Images

De Nossa

06/08/2021 11h39

Os longos períodos de isolamento social durante a pandemia da covid-19 fez com que a maioria dos brasileiros não mais se reconhecesse nas fotos de seus passaportes.

Segundo pesquisa conduzida pela Booking.com, que ouviu em janeiro 28.042 entrevistados em 28 países e territórios que pretendem viajar nos próximos 12 meses, 86% dos brasileiros acreditam que já não se parecem mais com o rosto exibido no documento.

A mudança mais frequentemente identificada — por 41% — como causa do estranhamento foi o ganho de peso.

Os brasileiros foram a quarta nacionalidade que disse ter ganhado mais peso durante a pandemia entre os 28 países consultados. Ficamos atrás apenas dos tailandeses, com 43%; dos coreanos, também com 43%; e dos argentinos, com 42%.

A segunda causa da transformação radical mais apontada pelos nascidos no Brasil foi o cabelo mais comprido, queixa de 25%. Nesse quesito, empatamos com os vietnamitas e ficamos entre as 15 nacionalidades que mais deixaram os fios crescerem durante o período de quarentenas.

Outros 22% dos brasileiros não viajam há tanto tempo que não se lembram mais onde guardaram seu documento de viagem. 5% não sabem onde estão as malas. Mesmo assim, 1 a cada 5 brasileiros (21%) respondeu que está entusiasmado para sair de casa e ver o mundo novamente sem contar calorias, o que reflete uma mudança de valores identificada pela pesquisa.

A prioridade, para os turistas do Brasil, é aproveitar ao máximo a experiência de viajar. Mesmo assim, 77% dos viajantes do país garantiram que irão investir em cuidados com a aparência antes das próximas férias, com idas ao salão de cabeleireiro, manicure, etc.