PUBLICIDADE
Topo

Primeira marca de joias no SPFW apresenta coleção com peças minimalistas

SPFW N51: Esfér - João Viegas
SPFW N51: Esfér Imagem: João Viegas

De Nossa

25/06/2021 20h11

A Esfér aposta na racionalidade dos contornos minimalistas para dar forma a materiais nobres, como o ouro e a prata. A label foi a primeira joalheria a se apresentar no SPFW e desenvolveu peças inéditas para seu debut.

As joias foram criadas a partir de um conceito neutro que prioriza a atemporalidade. Desse modo, os anéis, brincos, colares, pulseiras e ear cuffs, desenvolvidos pela dupla João Viegas e Aldo Miranda, não se limitam a definições de gênero e integram permanentemente o catálogo da marca.

"Quando a gente desenvolveu o conceito do vídeo, revisitamos todas as nossas imagens e conceitos", contou João Viegas no bate-papo após a exibição. "O sem gênero é tão natural para nós. Nem preocupamos com rótulos. Vejo qualquer pessoas usando, caem bem independente de quem queira usar. A proposta é ser universal".

A forma esférica se fragmenta em aros, elos, cápsulas, engrenagens e origamis, que exploram a função das peças de maneira original.

SPFW N51: Esfér - João Viegas - João Viegas
SPFW N51: Esfér
Imagem: João Viegas

O fashion film elaborado pela grife, com direção de arte de Victor Borges, contou com performance de dança, conduzida por Loïc Koutana; espetáculo de circo, contracenado por artistas de roda cyr e tecido acrobático; além da participação de um robô, que contracenou com a modelo Bruna Di. Todo o enredo receberá uma trilha sonora exclusiva do produtor musical Lecomte de Brégeot.

A parceria com a marca mineira Coven, especialista no trabalho com tricô, foi indispensável para alcançar o resultado dos looks criados pela estilista Isabela Moura e por Victor Borges, que também assina o styling do filme. A ideia é que as joias vistam o corpo, encontrando um lugar de protagonismo, que se revela em recortes, sobreposições e amarrações nos tecidos.

A escolha dos artistas e elementos presentes no vídeo teve como objetivo traduzir em forma de movimento, arte e tecnologia os contornos que definem a identidade visual da marca.