PUBLICIDADE
Topo

Louças e esculturas de cerâmica líquida exaltam natureza do Pantanal

Feito à Mão - Joana | Cerâmica Udu - Arquivo Pessoal
Feito à Mão - Joana | Cerâmica Udu
Imagem: Arquivo Pessoal

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

25/05/2021 04h00

Cerâmica Udu

Cerâmica Udu

Quem é

Joana Milano é arquiteta de formação – atualmente ceramista que representa a Udu Cerâmica, ateliê que reúne uma equipe de ceramistas em Bonito, MS.

A multiplicidade da cerâmica fisgou mãe e filha de uma vez só. É que quando se fala do material, há uma infinidade de técnicas, pigmentos, queimas e materiais a serem testados — e foi isso que em 2012 levou Joana e Sineia Milano até o Parque Nacional da Serra da Capivara, a fim de conhecer a cerâmica feita lá. Voltaram com os olhos brilhando e dispostas a unir a técnica ao sonho de criar um ateliê que gerasse emprego e renda.

"Lá conhecemos o Schoici Yamada, que nos ensinou tudo o que sabemos por dois anos. Foi o começo de tudo", diz Joana, que hoje está à frente de sete artesãos na produção e outros funcionários nas vendas da @uduceramica — são duas lojas em Mato Grosso do Sul e agora uma em Curitiba, sob uma nova marca.

Xícaras feitas de cerâmica - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Xícaras feitas de cerâmica
Imagem: Arquivo Pessoal

O começo teve tantos erros que a dupla chegou a desanimar. "Eram muitos testes para queima, esmaltação... Achamos até que não ia dar certo", diz Joana. Mas logo as louças utilitárias e peças decorativas em estilo artesanal começaram a encher os olhos do mercado.

Hoje a produção entrega 3 mil peças por mês — entre elas, encomendas para restaurantes no Brasil inteiro, embora a maior parte da venda seja para turistas.

Processo orgânico

Processo para a criação das cerâmicas é completamente sustentável - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Processo para a criação das cerâmicas é completamente sustentável
Imagem: Arquivo Pessoal

Por lá, a equipe prepara sua própria argila. "Misturamos argilas de olarias licenciadas e trabalhamos com a barbotina (argila líquida), deixando de molho e peneirando. É um processo bem difícil", conta.

A preocupação com o meio ambiente é grande, afinal, eles reconhecem que causam impacto, como toda e qualquer empresa. "Usamos água de chuva quase o ano todo e embalagens recicladas para envolver os produtos. Neste ano faremos doações de 1% do nosso faturamento para projetos ambientais."

Processo das cerâmicas - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Processo com a argila
Imagem: Arquivo Pessoal
Obras com a forma final - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Obras com a forma final
Imagem: Arquivo Pessoal

Então, a natureza exuberante do Pantanal surge em cores, pássaros pintados e formas encantadoras, sempre em superfícies bem polidas.

A cerâmica é um meio de estar em contato com a natureza por meio do barro, dos minerais e do fogo todos os dias, além de poder transformar vidas a partir dessa arte milenar apaixonante."

O que vende mais?

A cabeça de onça e o jacaré são dois best-sellers do ateliê. Mas ultimamente, entre os utilitários, o conjunto de pratos para risoto anda fazendo sucesso. "A cerâmica me encanta todos os dias por suas possibilidades infinitas e por podermos gerar emprego e renda para mais pessoas, que era o grande sonho da minha mãe", diz Joana.

@s que me inspiram

@atelier_muriqui

“Sempre nos inspirou o que eles fazem. A marca é uma das mais famosas e pioneiras na louça para restaurante e faz queimas a gás, com uma produção maior.”

@ceramica_carol_tsai

“Tem peças lindas e nos inspira por fazer tudo sozinha. A queima da cerâmica da Carol também é no gás, como a nossa, em um trabalho encantador de produção limitada.”