PUBLICIDADE
Topo

Arroz de puta rica: aprenda prato fácil com "tudo o que tiver na geladeira"

Bruno Calixto

Colaboração para Nossa

03/07/2021 04h00

A comida goiana vai muito além de pequi, empadão e pamonha. A prova é a variedade gourmet apresentada ao Brasil pelo chef André Barros no reality "Mestre do sabor", da TV Globo. Um dos seus pratos que garantiram mais likes nas redes do cozinheiro é o Arroz de Puta Rica, feito junto (de forma remota) com Zeca Camargo no programa "Brasil com Zeca", exibido por Nossa.

"O que você tem na despensa vai na panela, versão rica e pobre, sem carne. Na banha de porco dá outro sabor", destaca o goiano raiz, nascido e criado em Rio Verde, interior do estado, eleito chef do ano por duas vezes.

Barros comenta que a receita tem origem na então cidade de Goiás Velho no início do século passado, criada para os tropeiros, "a grande atração da época".

Influência mineira, indígena ou paulista? Qual o sabor típico da culinária goiana?

Muito inspirada nas três, além da caiçara mato-grossense, por estar no coração do Brasil. O traço mais marcante da nossa comida é a fartura, desde as comidas salgadas até os doces, com destaque para o empadão goiano"

Enquanto orienta Zeca Camargo, "aproveita o fundo para dourar cebola e alho, use a mesma panela para tudo", André Barros se recorda da paixão pelas panelas e dos caminhos que o levaram à gastronomia.

O chef André Barros é um estudioso dos ingredientes e sabores goianos - Reprodução Instagram - Reprodução Instagram
O chef André Barros é um estudioso dos ingredientes e sabores goianos
Imagem: Reprodução Instagram

"A paixão vem de criança, fui menino de fazenda, tinha uma madrinha vizinha que era banqueteira, a Madalena. Isto nos anos 1970, ela chegou a servir Juscelino Kubitschek. Nas férias, a gente fazia roda de pamonha."

Na década de 1990 morando nos EUA, ele foi de gerente de fast-food a garçom de hotel. Há quase 20 anos, Barros toca a cozinha do Country Club de Goiás.

"Quando cheguei ao Brasil nos anos 1990, era o boom da rúcula, qualquer salada levava a verdura. O país estava se abrindo, hoje voltamos o olhar para o nosso quintal", pontua o chef, enaltecendo pontos turísticos locais como Pirenópolis (uma cidade histórica que tem um festival gastronômico inspirado no de Tiradentes), as praias do Rio Araguaia, a antiga capital onde nasceu o puta rica, o Vale da Lua e as (incontáveis e instagramáveis) cachoeiras da Chapada dos Veadeiros.

Na hora da prova, imagine uma galinhada misturada com arroz de carreteiro. "Limão por cima para dar um azedinho e perfumar."

Zeca Camargo cozinhou o arroz de puta rica no Brasil com Zeca - Marcelo Santos/UOL - Marcelo Santos/UOL
Zeca Camargo cozinhou o arroz de puta rica no Brasil com Zeca
Imagem: Marcelo Santos/UOL

Anota aí

Brasil com Zeca vai ao ar toda sexta-feira, às 19 horas, no Canal UOL e no YouTube de Nossa, onde você também pode maratonar todos os episódios. Também confira conteúdos extra nas redes sociais de Nossa: Instagram, Twitter, e Facebook.