PUBLICIDADE
Topo

Como transformar uma simples barra de chocolate numa sobremesa linda

Gabrielli Menezes

De Nossa

10/03/2021 04h00

Pedro De Bem

Pedro De Bem

QUEM É

Foi a família italiana que nutriu o apreço pela comida. A cozinha passou a ser vista como profissão na Austrália, onde tentou carreira de jogador de futebol. Hoje, é um dedicado "professor" de receitas divertidas no TikTok.

Chocolate e massa folhada são dois itens que valem a pena ter em casa. Especialmente quem gosta de receber pessoas. Isso porque, com essa dupla de ingredientes — mais uma gema de ovo para o visual douradinho —, é possível fazer uma sobremesa rápida, linda e gostosa.

A ideia é envolver o chocolate de sua preferência na massa comprada pronta e levá-los ao forno. Mais fácil, impossível. O pulo do gato está no corte da massa folhada: é ele que garante o visual trançado capaz de encher os olhos dos convidados.

Essa receita ficou famosa no exterior e foi compartilhada com Nossa por Pedro de Bem, como você pode aprender clicando na imagem abaixo:

Folhado de chocolate

Dificuldade Fácil
1 porções
30 min
Ver receita completa

Do início ao fim em um minuto

Folhado de chocolate - Erik Douglas Martins - Erik Douglas Martins
Folhado: 20 minutos de preparo e 10 de forno
Imagem: Erik Douglas Martins
Folhado de chocolate - Erik Douglas Martins - Erik Douglas Martins
Receita é perfeita para receber de última hora
Imagem: Erik Douglas Martins

Também conhecido como Pedro Rakun pelo nome da sua conta no TikTok e no Instagram (@rakun.p), ele está sempre de olho nas tendências internacionais para alimentar as suas redes sociais com vídeos de um minuto que apresentam preparos do início ao fim.

"Um dos maiores desafios é colocar uma receita complexa, que tem gente no YouTube fazendo em 10 minutos, em um vídeo de 30 ou 60 segundos no Instagram e no TikTok. É uma loucura!".

Enquanto algumas inspirações vêm de fora, outras vem de dentro. Mais especificamente do livro de receitas da sua avó já falecida, onde encontram-se doces e salgados afetivos e sem muita complicação.

Entre a chuteira e o fouet

A aventura como "professor" de cozinha nas redes sociais é recente e começou como uma brincadeira na pandemia, após uma pausa no trabalho no restaurante Xavier, em Porto Alegre.

Com apenas 24 anos, Pedro está na reta final da graduação em gastronomia e passou por outro estabelecimento, o Patissier Marcelo Gonçalves, também na capital gaúcha.

O primeiro encontro com a gastronomia profissional, porém, foi na Austrália. "Aos 16 anos, comecei a jogar futebol profissionalmente. Joguei por alguns clubes locais, como o São José, morei um ano e meio na Alemanha e depois me mudei para a Austrália".

Algumas lesões fizeram Pedro ter que buscar outras oportunidades para ganhar dinheiro. O cozinheiro calcula que foram cerca de 15 "jobs", entre eles o de auxiliar de cozinha no Blanca Bondi, em Sidney, atualmente fechado pela crise provocada pelo covid-19.

"Mesmo que pagasse menos, eu gostava muito. Me candidatei para lavar pratos. Um dos sócios investidores do restaurante era jurado do MasterChef da Finlândia e o souschef era brasileiro. Ele começou a me dar dicas e eu consegui passar a ser auxiliar de cozinha".

Em março de 2018, Pedro decidiu voltar de vez para casa. Com a certeza de que não queria mais jogar bola, prestou vestibular para gastronomia.

Folhado de chocolate - Erik Douglas Martins - Erik Douglas Martins
Folhado é simples e bonito
Imagem: Erik Douglas Martins

Me apaixonei por toda a criatividade que eu podia desenvolver dentro dos meus preparos. Isso me deu força para ir atrás".

Como criador de conteúdo, o próximo passo é investir no seu canal de YouTube, onde terá mais tempo para explicar tim-tim por tim-tim de pratos complexos.