PUBLICIDADE
Topo

Parrilla, paixão dos "hermanos", também conquista o paladar brasileiro

Bife de Chorizo, sucesso das parrillas argentinas que caiu no gosto dos brasileiros - Wellington Nemeth/Divulgação/Corrientes 348
Bife de Chorizo, sucesso das parrillas argentinas que caiu no gosto dos brasileiros
Imagem: Wellington Nemeth/Divulgação/Corrientes 348

Juliana Simon

De Nossa

09/06/2020 04h00

Por mais que os brasileiros tenham bastante orgulho do churrasco que se faz por aqui, é incontestável que o método argentino para assar carnes é de fazer qualquer um babar.

Para saber os segredos da verdadeira parrilla argentina, Nossa conversou com Relio Classio, gerente de operações do restaurante Corrientes 348 (São Paulo e Rio de Janeiro).

Invenção gaúcha

Seja do lado de cá ou de lá da fronteira, não tem como contestar que a origem dos nossos adorados assados está ao sul, com os nômades que passeavam pelo local com roupas características, calças largas, camisas brancas e botas — cujo nome deu origem ao gentílico para quem nasce no Rio Grande do Sul e, claro, manda bem no churrasco.

Não tem como contestar: assado como conhecemos e adoramos é mesmo coisa de gaucho - Getty Images - Getty Images
Não tem como contestar: assado como conhecemos e adoramos é mesmo coisa de gaucho
Imagem: Getty Images

Quando os gaúchos andavam pelas estradas, caçavam as vacas que estavam livres e as assavam para sua sobrevivência, dando origem aos métodos que conhecemos hoje. Na evolução do tempo, as varas foram finalmente substituídas pelas grelhas.

Sabor único

Parrilla argentina - Getty Images - Getty Images
Parrilla argentina
Imagem: Getty Images
Ao contrário do churrasco brasileiro, que usa espetos, a parrilla utiliza grelhas móveis. Ela é construída com canaletas, em formato de V, levemente inclinadas e conta com um receptor de gorduras.

Como as carnes não são furadas pelos espetos e mantidas integras sobre as grelhas, o sangue não escorre e fica conservado no interior das peças, agregando outro paladar as carnes. O resultado final obtido pela utilização da parrilla é uma carne mais macia e suave com gosto de grelhado.

Outra diferença está no paladar: enquanto entre os argentinos a carne sangrando (mal passada) faz mais sucesso, a escolha da maior parte dos brasileiros é pela mais "ao ponto".

"Parrillês" x português

Não sabe como pedir o que quer diante da parrilla? Anote os cortes mais famosos — nada que não tenha um correspondente em bom português: bife de chorizo (contrafilé), tapa de cuadril (picanha), vacio (fraldinha), asado de tira (costela), bife ancho (filé de costela) e ojo del bife (miolo do contrafilé).

Também é possível matar a fome com linguiças e miúdos (como rim) feitos na parrilla.

Para quem não é da carne ou procura acompanhamentos variados, o método permite assar verduras e legumes, como palmito e batata, além de queijos (provolone) e até rende sobremesa, com as panquecas tradicionais argentinas.

Para "parrillar" em casa

Não tem muito jeito, para fazer esse método não tem outro jeito que não arrumar uma parrilla a carvão, com grelhas móveis para regular a distância dos alimentos com o fogo.

Outro item imprescindível é conhecer cada corte, uma vez que todos têm características únicas, como maneira de cortar e como grelhar. Para isso, não deixe de buscar "conhecimento carnívoro".

A partir daí, basta acertar o ponto da carne e se divertir com a dimensão de sabores.

Sem parrilla, mas com opções

Veja sugestões de cortes típicos da parrilla — e até da famosa sobremesa argentina— para se fazer no forno, frigideira ou na churrasqueira brasileira:

Bife de Chorizo com Molho de Ervas e Legumes

Bife de Chorizo com Molho de Ervas e Legumes - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

LEIA A RECEITA COMPLETA

Bife Ancho na Manteiga

Bife Ancho na manteiga - Luis Simone/Divulgação - Luis Simone/Divulgação
Imagem: Luis Simone/Divulgação

LEIA A RECEITA COMPLETA

Bife Ancho a Cavalo

Bife Ancho a cavalo - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

LEIA A RECEITA COMPLETA

Panqueca de Doce de Leite

Panqueca de Doce de Leite do Corrientes 348 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

LEIA A RECEITA COMPLETA