PUBLICIDADE
Topo

Roma tem novo protesto contra uso de certificado sanitário

Desde o último fim de semana, milhares de italianos saíram às ruas para protestar contra o certificado, que é uma extensão do passe de saúde europeu - Getty Images
Desde o último fim de semana, milhares de italianos saíram às ruas para protestar contra o certificado, que é uma extensão do passe de saúde europeu
Imagem: Getty Images

28/07/2021 09h33

Um grupo de manifestantes se reuniu nesta terça-feira (27), em Roma, para protestar novamente contra o uso do certificado de imunização, o chamado green pass, para acessar áreas fechadas de estabelecimentos e atividades de lazer na Itália.

A iniciativa foi organizada pelo movimento IoApro e registrou alguns momentos de tensão entre manifestantes e jornalistas na piazza del Popolo, no centro da capital.

Com gritos de "Liberdade", "Não ao green pass" e "Jornalista terrorista", os militantes, incluindo membros do Forza Nuova, também criticaram o primeiro-ministro italiano, Mario Draghi.

"Não somos No Vax, somos contra o passe verde", ressaltou um dos manifestantes.

Protestos em Roma contra uso de certificado sanitário - Getty Images - Getty Images
Protestos em Roma contra uso de certificado sanitário
Imagem: Getty Images

As milhares de pessoas carregavam também cartazes com algumas frases contra a medida e afirmando que o ato é para defender a liberdade e o futuro dos filhos. "Estamos no meio de uma guerra. Vamos dizer não ao green pass", diz um dos textos.

O italiano Umberto Carriera, secretário nacional do IoApro, movimento ao qual muitos donos de restaurantes aderiram, explicou que "o passe verde não é a solução, não vai resolver a epidemia".

Desde o último fim de semana, milhares de italianos saíram às ruas para protestar contra o certificado, que é uma extensão do passe de saúde europeu e será exigido na Itália a partir de 6 de agosto para permitir o acesso a cinemas, museus, piscinas cobertas e estádios, ou para comer em restaurantes.

O documento será disponibilizado para pessoas com o ciclo completo de vacinação, com teste negativo recente ou que tenham se recuperado da doença.

De acordo com os organizadores, a expectativa é de que um novo protesto seja realizado nesta quarta-feira (28) em Roma e em pelo menos outras 12 cidades, incluindo Milão, Palermo, Pádua, Bolonha e Trento. O ato já foi convocado nas redes sociais com o seguinte slogan: "Os que se calam concordam! Se você também é contra a obrigação do passe verde, agora é a hora de provar".