PUBLICIDADE
Topo

Pórticos de Bolonha são reconhecidos como Patrimônio Mundial

Marcas arquitetônicas mais características de Bolonha se estendem no centro histórico da cidade - iStockphotos
Marcas arquitetônicas mais características de Bolonha se estendem no centro histórico da cidade Imagem: iStockphotos

28/07/2021 09h23

A Unesco reconheceu nesta quarta-feira (28) os pórticos de Bolonha, importante cidade do norte da Itália, como Patrimônio Mundial da Humanidade.

Com isso, o país passa a ter 58 bens tombados pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, número recorde em todo o mundo.

No último fim de semana, a Unesco já havia reconhecido um ciclo de afrescos do século 14 em Pádua e a estância termal de Montecatini Termi como Patrimônios da Humanidade.

Datados do fim da Idade Média, os pórticos são uma das marcas arquitetônicas mais características de Bolonha e se estendem por quase 40 quilômetros não contínuos apenas no centro histórico da cidade — o maior deles tem cerca de 3,8 quilômetros de extensão.

Essas estruturas foram construídas para artesãos trabalharem ao ar livre, mas protegidos do sol e da chuva, e agora servem como local de passeio para turistas e moradores.