PUBLICIDADE
Topo

Israel permitirá a chegada de turistas a partir de 23 de maio

Calçadão de Tel Aviv - Getty Images
Calçadão de Tel Aviv Imagem: Getty Images

14/04/2021 10h23

Israel anunciou nesta quarta-feira que a partir de 23 de maio autorizará a entrada de turistas, após a rápida campanha de vacinação que permitiu frear a covid-19 no país.

As autoridades israelenses fecharam de forma quase hermética as fronteiras aos turistas após o início da pandemia em março de 2020.

Os ministérios da Saúde Turismo informaram nesta quarta-feira que os turistas poderão voltar a Israel a partir do fim de maio caso estejam vacinados e apresentem um teste PCR negativo. Também precisarão fazer um exame sorológico na chegada a Israel para comprovar a eficácia da vacinação.

Em um primeiro momento, as autoridades israelenses autorizarão apenas as viagens "em grupo" e o número será "limitado", segundo o ministério do Turismo.

Em uma próxima fase, os turistas poderão viajar de maneira individual, mas esta possibilidade dependerá da evolução da crise de saúde.

Israel estimulou desde o fim de dezembro uma intensa campanha de vacinação, graças a um acordo com o laboratório americano Pfizer que entregou milhões de doses de seu imunizante ao país.

Quase cinco dos 9,5 milhões de habitantes (53% da população) já receberam as duas doses da vacina da Pfizer em Israel.

Depois de chegar a registra 10.000 casos por dia em janeiro, o país reduziu o número de infectados a menos de 200 graças à vacinação.

Isto permitiu às autoridades reabrir restaurantes, bares e praias.