PUBLICIDADE
Topo

Podcast

UOL Palmeiras

O podcast para os torcedores do verdão


ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

UOL Palmeiras #26: Belluzzo: "Não contratar Hulk foi uma decisão equivocada"

Do UOL, em São Paulo

24/08/2021 16h00

Antes de acertar com o Atlético-MG, Hulk abriu conversas com o Palmeiras, mas as negociações não avançaram. O atacante se tornou um dos principais destaques do Galo nesta temporada. Luiz Gonzaga Belluzzo, ex-presidente do Verdão em 2009 e 2010, criticou a forma como as tratativas com o jogador foram conduzidas.

No podcast UOL Palmeiras #26 (ouça na íntegra no episódio acima), o apresentador Vanderlei Lima e o repórter Diego Iwata Lima conversaram com o economista, convidado especial deste episódio. Para Belluzzo, o time apresenta deficiências no ataque, que poderiam ser resolvidas caso Hulk fizesse parte do elenco.

"O Palmeiras tem uma deficiência no ataque, na minha visão, sobretudo na finalização. Estava vendo ontem o desempenho do Hulk. Acho que a diretoria do Palmeiras cometeu um erro estratégico. Se você tem um time que vai disputar a Libertadores, do ponto de vista financeiro, há um provimento de premiação ao longo da disputa muito importante. A conta que se tem que fazer, e às vezes os dirigentes de futebol não fazem, é que você, poupando dinheiro agora, talvez perca dinheiro lá na frente", explicou Belluzzo.

Para o ex-dirigente, o Verdão sente a falta de um jogador com as características de Hulk. "Precisa haver uma mínima capacidade de avaliação para saber qual o custo de oportunidade de não ter um jogador como Hulk, que poderia mudar qualitativamente o seu time. Não estou menosprezando os outros jogadores, mas acho que o Palmeiras visivelmente tem uma deficiência nessa posição e nessa forma de jogar no ataque. Sobretudo porque o Palmeiras tem um jogador como o Dudu, um servidor excepcional", analisou.

Belluzzo considerou uma falha da atual gestão não insistir na negociação com o atacante, que ogo depois fechou com o Atlético-MG. "Tenho a maior admiração pelo [Maurício] Galiotte [atual presidente do Palmeiras], mas acho que foi uma decisão equivocada. Ele preencheria uma lacuna no ataque do Palmeiras. Acho que ficaríamos com um time muito difíci de ser batido", concluiu.

Ouça o podcast UOL Palmeiras e confira também o debate sobre o cenário político do clube, que se prepara para eleições em novembro.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas" de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL Palmeiras, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL