PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mauro: Valorização do Hugo no Flamengo criou situação ruim para Diego Alves

Do UOL, em São Paulo

31/10/2020 04h00

Casos de covid e lesão levaram o goleiro Hugo Souza, até então o quarto nome do Flamengo a ser escalado como titular no jogo com o Palmeiras e desde então o jovem atleta tem sido um dos destaques do time, com atuações importantes, como na última quarta-feira, quando defendeu um pênalti contra o Athletico-PR e fez outras defesas importantes. E agora até mesmo os torcedores rubro-negros discutem se a titularidade deve ser dele ou do experiente Diego Alves, campeão brasileiro e da Libertadores em 2019.

No podcast Posse de Bola #69, Mauro Cezar Pereira analisa a disputa entre os dois goleiros no Flamengo e avalia que o bom desempenho do jovem goleiro dificultou a situação para Diego Alves na renovação de seu contrato, que se encerra em dezembro, reduzindo o poder de barganha do jogador, até então titular indiscutível.

"Acho que o Diego Alves, não pode também ser ignorado como se não tivesse tido nenhuma participação nas conquistas recentes do clube, ele teve. Agora, tem uma situação também que não pode ser deixada de lado, que ele tem um contrato até dezembro, a temporada vai até fevereiro, o contrato ainda não foi renovado", diz Mauro Cezar (no vídeo a partir de 44:53).

"Pelo que eu entendi, a valorização técnica do jovem goleiro que sabe-se lá por que estava escondido no Flamengo e ninguém percebia que ele era tão bom, criou uma situação ruim para o Diego na negociação, porque o Flamengo era 'refém' do Diego porque os outros goleiros são muito inferiores, César, o próprio Gabriel nitidamente ainda não está no ponto. Agora o Flamengo tem a opção de manter o Hugo, ou seja, tem, no mínimo, um substituto à altura ou um novo titular", completa.

De acordo com o jornalista, o acordo que parecia próximo entre Diego Alves e o Flamengo emperrou e agora quem tem a vantagem na negociação pelo fato de ter um jogador que possa suprir a ausência do goleiro, é o clube.

"Então ainda tem esse outro detalhe, ele não sabe se vai contar com o Diego Alves a partir de janeiro. E se não renovar? Aí eu acho que o Flamengo também tem que pensar bem, o goleiro tem ótimos serviços prestados, mas se você tem um goleiro jovem tão bom, cada vez mais se mostrando capaz de ser titular, você vai renovar por um salário altíssimo com um goleiro veterano por dois anos? Aí você tem que pensar na gestão do clube", diz Mauro Cezar.

"O Diego demorou a aceitar a proposta, pelo que eu sei, e agora a coisa piorou para ele, porque ele estava nadando de braçada, só tinha ele. Não renova com o Diego e põe o César no gol? Não pode. O Gabriel? Não se mostrou capaz. De repente, surgiu o Hugo e agora? 'Opa, espera aí, eu tenho um goleiro novo aqui, por que eu vou renovar com outro por essa?'. É assim que funciona para os dois lados, é uma negociação, é para os dois lados", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol