PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Virada sofrida contra o Atlético-MG é a terceira do Fortaleza no Brasileirão 2022

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

26/06/2022 13h24

Neste último sábado (25), o Fortaleza enfrentou o Atlético-MG fora de casa pelo Campeonato Brasileiro e perdeu de virada. Esta foi a terceira vez na competição e na temporada que o Leão do Pici sofreu com uma remontada adversária. Já havia sofrido a mesma situação contra Internacional e Botafogo.

LEIA TAMBÉM:

O Fortaleza fez um ótimo primeiro tempo contra o Atlético-MG, indo para o intervalo com dois gols de vantagem, ambos marcados por Romarinho. Na segunda etapa, porém, sofreu a virada com o terceiro gol do Galo marcado no último minuto de jogo.

O mesmo enredo ocorreu nas partidas contra Internacional e Botafogo. Jogando também fora de casa contra o Colorado, o Tricolor saiu em vantagem, mas o gol da vitória adversária veio aos 45 do segundo tempo. Diante da Estrela Solitária, o Fortaleza abriu o placar, sofreu o empate e ficou sustentando um ponto conquistado no Rio de Janeiro com um jogador a menos, contudo, aos 44 minutos o time carioca virou e em seguida matou o confronto em 3 a 1 nos acréscimos.

Essas remontadas sofridas pesam para o time cearense na tabela do Brasileirão. Se não fosse derrotado, o Leão estaria, no mínimo, com 13 pontos e somente a uma vitória de deixar o Z4. Caso vencesse esses três duelos, estaria em 6º lugar com 19 pontos, ainda sem contar os jogos da rodada deste domingo (26).

Siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook, Instagram e YouTube

COMPARAÇÃO COM OS ÚLTIMOS ANOS

O número de viradas que o Fortaleza sofreu neste ano já supera toda a temporada dos dois últimos anos. Em 2021, a única vez que o Leão do Pici foi derrotado após abrir o placar foi contra o Ceará pelo Campeonato Brasileiro. Na temporada de 2020, sofreu duas remontadas de placar, contra o Athletico-PR e São Paulo, ambos também pelo Brasileirão.

O último ano em que houve tantas viradas contra o Tricolor de Aço foi 2019. Naquela temporada, a história se repetiu cinco vezes, sendo uma pelo Estadual, contra o Atlético-CE, e quatro pela competição nacional de pontos corridos, contra Corinthians (turno e returno), Athletico-PR e Flamengo.

Futebol