PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-GO deverá mandar jogos do mata-mata da Sul-Americana fora do Antônio Accioly; entenda 

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

28/05/2022 16h27

O Atlético-GO se classificou para as oitavas de final da Copa Sul-Americana ao empatar em 1 a 1 com a LDU, em Quito, no Equador, na terça-feira (24), e conheceu seu adversário na fase mata-mata da competição, o Olímpia, do Paraguai, na última sexta (27).

LEIA TAMBÉM:

Contudo, o Dragão não poderá mandar seus jogos da fase eliminatória no Estádio Antônio Accioly. Isso porque a casa do Atlético-GO não tem o requisito mínimo de capacidade de torcedores para esta fase eliminatória da competição internacional.

De acordo com o regulamento da Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL), a capacidade do estádio a partir das oitavas de final é de, no mínimo, 20 mil torcedores, e na semifinal a capacidade mínima é de 30 mil adeptos. Atualmente, o estádio Antônio Accioly tem capacidade de comportar aproximadamente 13 mil torcedores.

Dessa forma, a diretoria do Dragão já busca alternativas para levar seu jogo. A prioridade do clube é de manter seus jogos no Antônio Accioly, mas já trabalha com as possibilidades de transferir o jogo para o Serra Dourada ou para o Mané Garrincha, em Brasília, nesta ordem de prioridades, respectivamente.

Para saber tudo sobre o Atlético-GO, siga o Esporte News Mundo  no TwitterFacebook e Instagram.

O primeiro jogo da chave entre Olímpia e Atlético-GO será disputado no Defensores del Chaco, no Paraguai, com data a confirmar pela CONMEBOL, mas há a expectativa de que seja entre os dias 28 e 30 de junho. O jogo da volta, que terá mando do Atlético-GO, ainda com mando a definir, será disputado entre os dias 5 e 7 de julho.

Futebol