PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Torino vai a FIFA contra o Corinthians por atraso no pagamento sobre Danilo Avelar

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

02/12/2021 00h12

O Corinthians acabou sendo levado a FIFA pelo Torino (ITA), devido ao não pagamento da última parcela da compra do lateral-esquerdo Danilo Avelar, no valor de 750 mil euros, o que corresponde a R$ 4,7 milhões na cotação atual. Porém, a diretoria do Alvinegro tentou resolver amigavelmente com o clube Grená, mas não entraram em consenso. 

A informação foi divulgada em primeira mão pelo portal "Meu Timão" e depois pelo GE. Vale dizer, que no começo do ano, o Corinthians já tinha atrasado a quitação de outra prestação da negociação, e o Torino foi também a FIFA

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Na época, a entidade decidiu a proibir o clube paulista de contratar jogadores por conta da pendencia, mas o Alvinegro conseguiu acertar o débito e derrubou a medida. Essa mesma parcela deveria ter sido paga no ano passado, mas o Touro Italiano aceitou estender o prazo, devido a situação de pandemia da Covid-19. 

Danilo Avelar foi contratado por empréstimo em 2018. Pelo Timão, o atleta foi campeão paulista em 2019 e teve seus direitos econômicos adquiridos pelo Alvinegro. Contudo, no ano seguinte, mudou de posição, atuando agora como zagueiro. Chegou a fazer alguns bons jogos, mas acabou sofrendo uma grave lesão no joelho direito em outubro. 

Ainda no período de recuperação, Avelar se envolveu em uma polêmica. Quando participava de um jogo online, acabou cometendo uma ofensa racista e foi afastado da equipe do Parque São Jorge. A princípio, o Corinthians gostaria de rescindir seu contrato, mas acabou voltando atrás por conta do valor integral da multa no vínculo. Logo, a intenção da diretoria é negociar o atleta na próxima janela de transferências. 

Vale dizer, que no sábado, o GE divulgou que o Corinthians foi condenado também na FIFA por uma dívida de aproximadamente R$ 9 milhões com o Estoril (POR), por Matheus Jesus. Outro processo que o Timão perdeu na entidade máxima do futebol é o caso do atacante Mauro Boselli. Nos dois, o clube recorreu da decisão na Corte Arbitral do Esporte.

Futebol