PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Dana White diz que Paulo Borrachinha passará a lutar nos meio-pesados

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

24/10/2021 18h59

A divisão dos meio-pesados do UFC será onde Paulo Borrachinha lutará de agora em diante. Ao menos é como Dana White vê após a derrota do brasileiro no main event do UFC Vegas 41, no último sábado, para Marvin Vettori.

Problemas do mineiro no corte de peso fizeram a luta, que seria na divisão dos médios, e chegou a até ser em peso-casado antes de ir para a categoria superior. Por causa disso, o chefão do Ultimate já ‘decretou’ que a próxima luta de Borrachinha será nos 93kg

– O Paulo é um meio-pesado, Ele está em forma, não foi como se tivesse chegado fora de forma, ou se ele tivesse treinado bem mas relaxado. O Paulo estava treinando, mas ele não consegue mais bater 84kg. Isso mostra que ele não consegue bater os 84kg – afirmou White na coletiva pós-evento.

LEIA MAIS

+ UFC Vegas 41: Marvin Vettori vence Borrachinha em luta disputada

+ Bellator: Com nocaute espetacular, Fedor vence diante da torcida na Rússia

Segundo White, o UFC apenas soube dos problemas de Borrachinha para bater o peso original da luta apenas na semana do UFC Vegas 41. Havia expectativa até mesmo de que o brasileiro pudesse receber algum tipo de punição, mas a performance do mineiro agradou ao chefão e apenas a multa na bolsa de 20% bastará. No entanto, os dias do ex-desafiante ao cinturão dos médios na categoria parecem ter acabado, na visão de Dana White.

– Quando isso acontecer, é como se nos avisasse que esta luta tem que ser desta maneira. A próxima luta do Paulo será nos meio-pesados. E a gente tem que dar todo crédito ao Marvin Vettori, que queria essa luta, não importasse o peso. No fim da contas, é assim que as coisas são. Ambos vieram para lutar, Borrachinha lutou bem e fez um quinto round melhor que o primeiro, então isso mostra que ele estava em forma. Se as coisas não acontecessem como acontecerem, ele voltaria para o Brasil sem dinheiro. Como ele lutou bem, acho que os 20% da bolsa são o bastante – afirmou White.,

Futebol