PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Mandzukic deixa Juventus para defender equipe do Qatar

Jogador de 33 anos não vinha sendo aproveitado por Maurizio Sarri e vai render 5,5 milhões de euros aos cofres da Juve - Alexander Hassenstein - UEFA/UEFA via Getty Images
Jogador de 33 anos não vinha sendo aproveitado por Maurizio Sarri e vai render 5,5 milhões de euros aos cofres da Juve Imagem: Alexander Hassenstein - UEFA/UEFA via Getty Images

24/12/2019 15h14

Redação Central, 24 dez (EFE) - O atacante Mario Madzukic, que estava na Juventus e foi um dos destaques da seleção da Croácia no vice-campeonato mundial de 2018, defenderá o Al-Duhail, segundo anúncio oficial feito nesta terça-feira pelo clube catariano.

O jogador de 33 anos, que não vinha sendo aproveitado pelo técnico Maurizio Sarri na Juve, foi aprovado nos exames médicos e momentos depois assinou contrato válido por um ano e meio. Segundo a imprensa italiana, ele rendeu 5,5 milhões de euros aos cofres da 'Velha Senhora'.

Mandzukic chegou ao clube de Turim em 2015, contratado junto ao Atlético de Madrid, e conquistou quatro títulos do Campeonato Italiano, um da Copa da Itália e um da Supercopa da Itália. Antes, havia defendido o Wolfsburg e o Bayern de Munique, além de clubes de seu país

No Al-Duhail, ele se junta ao zagueiro marroquino Mehdi Benatia, outro ex-Juve, e ao atacante brasileiro naturalizado belga Edmilson Junior, entre outros.

Futebol