PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Uefa inicia investigação contra Sergio Ramos por forçar cartão amarelo

"No futebol é preciso tomar decisões complicadas", admitiu jogador do Real Madrid - REUTERS/Wolfgang Rattay
'No futebol é preciso tomar decisões complicadas', admitiu jogador do Real Madrid Imagem: REUTERS/Wolfgang Rattay

Da EFE, em Madri (Espanha)

14/02/2019 18h36

O Comitê de Disciplina da Uefa abriu uma investigação sobre o zagueiro Sergio Ramos por ter admitido que forçou um cartão amarelo no jogo de ontem do Real Madrid contra o Ajax pela Liga dos Campeões da Europa.

A Uefa anunciou hoje que "iniciou uma investigação disciplinar baseada no artigo 31 (3) do Regulamento Disciplinar diante às declarações do jogador".

Após a vitória do Real Madrid sobre o Ajax por 2 a 1 em Amsterdã, Ramos reconheceu que tinha forçado um cartão amarelo para ser suspenso e não jogar a partida de volta contra o time holandês e poder entrar em campo sem estar pendurado nas quartas de final, caso o Real Madrid se classifique.

"Não vou mentir, vendo o resultado mentiria se dissesse que não era algo que eu tinha em mente (forçar o cartão). Não é por subestimar o adversário ou pensar que o confronto já acabou, mas no futebol é preciso tomar decisões complicadas", disse o capitão do Real Madrid após o jogo.

Além de ficar fora da partida de volta contra o Ajax, Ramos pode ser punido com mais um ou dois jogos de suspensão por conduta antidesportiva, como estipula o artigo 31 (3).

Por outro lado, o Comitê de Disciplina da Uefa anunciou hoje que abriu um procedimento contra o Ajax porque torcedores jogaram objetos da arquibancada no campo e pela presença de rojões dentro do estádio.

Futebol