PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Volante do Boca admite ansiedade por jogar a 2ª final da Libertadores

20/11/2018 15h10

Buenos Aires, 20 nov (EFE).- O volante uruguaio Nahitan Nández, do Boca Juniors, admitiu nesta terça-feira não ver a hora de entrar em campo no segundo duelo com o River Plate, pela final da Taça Libertadores, que acontecerá daqui quatro dias, no Estádio Monumental de Núñez.

"Se te dizer que não tenho ansiedade, estarei mentindo. São jogos únicos. Hoje, temos a possibilidade de entrar na história do Boca, estamos convencidos que faremos. Quando chegar o sábado, é preciso focar no jogo, o que é o importante", disse o camisa 15 dos 'Xeneizes', em entrevista coletiva.

Nández afirmou também se tratar de uma semana para aproveitar, devido a magnitude da inédita decisão. Segundo o uruguaio, a expectativa é de um jogo ainda mais complicado e, provavelmente, com decisão sendo feita nos pequenos detalhes.

"É preciso estar atento a tudo. Estamos confiantes e tranquilos com nosso trabalho. Assim, vamos ganhar no campo do River", garantiu o volante.

Para Nández, a chave para conquistar o título no estádio Monumental de Núñez, é ser inteligente e mostrar atitude, elementos que não podem faltar em uma final de alto nível, como a decisão da Libertadores.

Boca e River empataram em 2 a 2, no primeiro duelo que fizeram, há pouco mais de uma semana, em La Bombonera. Na volta, a equipe que vencer ficará com a taça, e se houver nova igualdade, por qualquer placar, haverá prorrogação.

Esporte