PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Comissão de Nova York inova e suspende Romero por pular grade do octógono

23/11/2016 16h29

Romero venceu Weidman de forma convincente - Diego Ribas

Yoel Romero venceu Chris Weidman de forma convincente – Diego Ribas

Em mais um capítulo polêmico, a Comissão Atlética de Nova York anunciou a punição do cubano Yoel Romero nesta quarta-feira (23) por pular o octógono e comemorar fora da área de luta após aplicar um nocaute no rival Chris Weidman. Por essa atitude, o atleta pegou o gancho de dois meses longe das competições.

A decisão é mais uma parte do ‘pacote de boas-vindas’ da entidade que pela primeira vez recebeu um evento de MMA no estado. E o recado é claro: evento e atletas terão que se adaptar às novas exigências da entidade. E elas não são poucas.

Além de Romero, Kevin Gastelum e Thiago ‘Pitbull’ Alves doram punidos. Enquanto o americano pegou seis meses por não se apresentar na balança para a pesagem oficial, o brasileiro recebeu gancho de três meses por, ao se pesar, não atingir o limite correto dos leves (70 kg).

Curiosamente, Romero não poderá competir até o dia 13 de janeiro, oito dias antes do UFC 208, evento agendado para acontecer no estado americano da California e que é cogitado para ser palco da luta entre o cubano e Michael Bisping, válida pelo cinturão dos pesos-médios (84 kg).

Esporte