Topo

Esporte


Brasil tenta contra Venezuela garantir vaga nas quartas de final da Copa América

17/06/2019 23h38

Salvador, 18 Jun 2019 (AFP) - O Brasil, principal candidato ao título da Copa América-2019, vai tentar nesta terça-feira em Salvador garantir a classificação às quartas de final diante da aguerrida seleção venezuelana de Rafael Dudamel.

O jogo pela segunda rodada do Grupo A, será disputado na Arena Fonte Nova a partir das 21h30 (pelo horário de Brasília) e será dirigido pelo árbitro chileno Julio Bascuñán.

A seleção estreou vencendo a Bolívia por 3 a 0 no Morumbi, em São Paulo, na última sexta-feira.

Já a Venezuela, com um homem a menos após a expulsão de Luis Mago aos 30 minutos do segundo tempo, empatou em 0 a 0 com o Peru, no sábado em Porto Alegre.

- Arthur volta à equipe -"Temos que fazer dos 20 aos 45 minutos um jogo melhor. Ali foi o período que a gente terminou sem ser a nossa verdadeira equipe. Sem propor, sem acertar passe, sem impor volume. O jogo é de 93, 95 minutos e temos que corrigir isso", disse Tite nesta segunda-feira em coletiva de imprensa.

O capitão da seleção, o lateral Dani Alves, falou sobre as qualidade da seleção 'Vinotinto', definindo o estilo de jogo como "irresponsável, o que dificulta".

"A Venezuela evoluiu muito e tem uma geração muito promissora, um estilo de jogo muito solto. Precisamos planejar muito bem a partida para conseguir um bom resultado", afirmou o veterano do Paris Saint-Germain.

Na noite de sexta-feira no Morumbi, a torcida chegou a vaiar a seleção brasileira.

Para melhorar a equipe Tite deverá a princípio buscar um parceiro para Philippe Coutinho com o objetivo de criar jogadas, e esse seria Arthur, ausente contra a Bolívia devido a uma pancada no joelho direito no amistoso diante de Honduras (7-0) em Porto Alegre no dia 9 deste mês.

- Precaução mas sem medo -Na Venezuela o 0-0 diante do Peru caiu bem já que a equipe teve poucas chances de marcar em uma partida onde o time de Ricardo Gareca foi superior, tendo até dois gols anulados com o auxílio do VAR.

Dudamel - que assumiu o comando da 'Vinotinto' em 2016 - garantiu que "o Brasil tem a obrigação e a Venezuela a esperança".

"A Venezuela ganhou o respeito internacional por nossos jogadores e pelos últimos resultados. E para vencer o Brasil é preciso fazer uma partida perfeita", disse Dudamel na coletiva de imprensa antes do jogo.

A segunda rodada da chave também terá o duelo entre Bolívia e Peru no Maracanã (às 18h30 pelo horário de Brasília).

O Brasil garante a classificação matemática às quartas de final se derrotar a Venezuela, mas também poderá ser primeiro do grupo na terça se vencer em Salvador e bolivianos e peruanos empatarem no Rio de Janeiro.

Prováveis escalações:

Brasil: Alisson - Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís - Casemiro e Arthur - David Neres, Coutinho e Richarlison - Roberto Firmino. Técnico: Tite.

Venezuela: Wuilker Faríñez - Ronald Hernández, Mikel Villanueva, John Chancellor, Roberto Rosales - Tomás Rincón, Yangel Herrera, Junior Moreno - Jhon Murillo, Jefferson Savarino - Salomón Rondón. Técnico: Rafael Dudamel.

cl/ma/mcd/aam

Mais Esporte