Joinville vence Magnus de novo e se classifica para a final da LNF

O Joinville venceu o Magnus por 4 a 3, na noite desta sexta-feira (1), em Sorocaba, e se classificou para a final da Liga Nacional de Futsal. O Tricolor já havia ganhado a partida de ida da semifinal, pelo mesmo placar.

Pepita, Rodrigo e Charuto fizeram os gols dos donos da casa. Roni, Henrique (2) e Rafinha balançaram as redes para os visitantes.

Agora o Joinville aguarda o vencedor do duelo entre Atlântico e Cascavel para saber quem enfrentará na final. Na partida de ida, os gaúchos venceram por 10 a 7, fora de casa.

A decisão está marcada para o dia 17, em Toledo, no Paraná. Pela primeira vez na história, a final será disputada em jogo único.


Mais uma virada

Assim como no jogo de ida, o Joinville precisou virar o placar sobre o Magnus. A equipe perdia por 3 a 1 em Sorocaba e conseguiu reverter para a classificação.

O JEC abriu o marcador, com Roni, mas levou a virada no primeiro tempo, com gols de Pepita e Rodrigo. Charuto ainda aumentou a vantagem na sequência.

Porém, a resiliência do Joinville falou mais alto e a virada histórica veio na etapa final. Com dois gols de Henrique, um aproveitando o erro do goleiro-linha do rival, e Rafinha, o Tricolor se garantiu em mais uma final de LNF.


Fernando é decisivo para o JEC

O ala Fernando não balançou as redes, mas foi decisivo para a classificação do Joinville. Ele participou diretamente de três dos quatro gols marcados pela equipe.

Continua após a publicidade

No primeiro, deu passe que deixou Roni na cara do gol para marcar. No segundo e no terceiro, chutou de longe e o os gols saíram no rebote, marcados por Henrique e Rafinha, respectivamente.

Lei do ex em ação

Como de costume, a "lei do ex" aconteceu na semifinal da LNF. Pepita, que já havia marcado para o Magnus no jogo de ida, fez mais um gol na partida de volta.

O ala jogava no Joinville e deixou a equipe para atuar em Sorocaba em abril deste ano.

Clima quente

A partida foi muito pegada, com confusão entre os jogadores no primeiro tempo. Após dividida entre Genaro e Rafinha, o tempo fechou e houve empurrões e discussões em quadra.

Continua após a publicidade

Só na etapa inicial foram distribuídos oito cartões amarelos. No segundo tempo foram mais dois, totalizando dez em toda a partida.

Joinville volta à decisão

O Joinville se classificou para a final pela primeira vez em seis anos. A última vez havia sido em 2017, contra a Assoeva.

Na ocasião, o Tricolor conquistou o único título da competição de sua história.


FICHA TÉCNICA
MAGNUS 3 X 4 JOINVILLE

MAGNUS: Françoar, Rodrigo, Ernesto, Pepita e Genaro. Reservas: Kelvin, Lucas Gomes, Charuto, Dieguinho, Ferro, Ricardinho, João, Leandro Lino e Elisandro. Técnico: Ricardinho
GOLS: Pepita, Rodrigo, Charuto

Continua após a publicidade

JOINVILLE: Willian, Henrique, Fernando, Kevin e João Silveira. Reservas: Léo, Eder Lima, Ernani, Rodriguinho, Roni, Renatinho, Rafinha, Penézio e Deivão. Técnico: Cassiano Klein
GOLS: Roni, Henrique (2) e Rafinha

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes