PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Rayssa Leal brilha e conquista primeira etapa da Liga Mundial de Skate

Rayssa Leal, medalha de prata nas Olimpíadas de Tóquio-2020 - Ezra Shaw/Getty Images
Rayssa Leal, medalha de prata nas Olimpíadas de Tóquio-2020 Imagem: Ezra Shaw/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/08/2021 18h30

Medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Rayssa Leal conquistou a etapa de abertura da temporada 2021 da Liga Mundial de Skate Street (SLS), que aconteceu em Salt Lake City, em Utah, nos Estados Unidos, hoje (28).

Atual campeã mundial da SLS, Pâmela Rosa também teve um bom desempenho na final e garantiu a quarta posição.

Rayssa Leal

A skatista brasileira caiu logo em sua primeira manobra, mas não desistiu da volta. Após se levantar, Rayssa Leal encaixou uma boa sequência de movimentos e conseguiu a segunda maior nota da primeira rodada, com 4.5.

Abusando do estilo e explorando bem o corrimão, Rayssa Leal conseguiu uma sequência de boas notas na segunda rodada: 5.7, 6.6 e 5.9 - e um descarte -, garantindo-se entre as quatro melhores, na liderança. Assim, ela ganhou duas oportunidades de aumentar suas notas.

Na primeira, Rayssa Leal errou a manobra e zerou, caindo para o segundo lugar. Na segunda, a skatista voltou a acertar uma ótima manobra no corrimão, e, com a nota 8,5 - a maior do dia -, ela superou a japonesa Funa Nakayama, medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos e garantiu o título.

Pâmela Rosa

Pâmela Rosa iniciou bem sua volta, acertando duas manobras e impondo um ritmo alucinante. Na sequência, porém, a atleta caiu duas vezes e encerrou seus primeiros 45 segundos com a nota 2.4, que lhe deu o sétimo lugar

Na segunda rodada, com quatro tentativas de manobras, Pâmela Rosa ignorou a pressão pela primeira nota baixa e acertou uma bela sequência de manobras, com as notas 5.6, 6.2, 4.6 - e um descarte - para garantir um lugar entre as quatro melhores, em quarto, com duas chances para aumentar a nota

Na volta final, Pâmela Rosa errou as duas tentativas e permaneceu na quarta colocação.

Caminho até a final

Rayssa Leal avançou à final em segundo lugar, logo atrás da japonesa Funa Nakayama - medalhista de bronze em Tóquio - enquanto Pâmela Rosa se classificou com a quinta melhor nota.

As brasileiras Letícia Bufoni e Marina Gabriela não conseguiram um lugar entre as oito primeiras e se despediram da competição na semifinal.

Esporte