PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ronaldo não descarta 'surpresa' brasileira contra Bayern no Mundial

Ronaldo Fenômeno exata Bayern, mas não descarta "supresa" brasileira no Mundial - Reprodução/ESPN
Ronaldo Fenômeno exata Bayern, mas não descarta 'supresa' brasileira no Mundial Imagem: Reprodução/ESPN

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/01/2021 14h17

O pentacampeão Ronaldo Fenômeno não descarta uma "surpresa" brasileira no Mundial de Clubes da Fifa. Apesar de exaltar a "pedreira" Bayern de Munique, o ex-jogador afirmou que Palmeiras ou Santos podem surpreender em uma eventual final.

Os clubes paulistas decidem, amanhã, às 17h, no Maracanã, o título da Copa Libertadores. O campeão se classifica para as semifinais da competição da Fifa.

"O Bayern mostrou uma qualidade muito grande no último ano. No entanto, sendo uma final única, abre possibilidade para o time brasileiro. Não descartaria uma surpresa na final. O time brasileiro que for para o Mundial vai encontrar uma pedreira", disse Ronaldo em entrevista ao "Bate-Bola Debate", da ESPN.

Em relação à decisão continental, o Fenômeno espera um confronto aberto e comandado pela "molecada".

"Vai ser um jogo bem aberto, com os dois times procurando fazer gols. O meu palpite, inclusive, foi 2 a 2. Eu acho que é um jogo onde a vontade dessa molecada vai prevalecer, muito mais do que estratégia, a tática. Não vai ser um jogo cadenciado", opinou Ronaldo.

"É maravilhoso ver que tanto o Santos quanto o Palmeiras apostam nos meninos. Eu acho maravilhoso essa coragem, e o futebol brasileiro sempre teve jogadores jovens se destacando. É bom ver os dois times na final apostando nos jovens talentos".

Seleção polêmica

Após irritar palmeirenses e santistas com a escalação do seu time ideal da Copa Libertadores da América 2020, Ronaldo pediu desculpas pelas "injustiças". O ex-jogador disse que teve pouco tempo para montar o seu time.

"Não dá para agradar a todos, mas eu tive pouco tempo para montar a minha seleção e foi o que eu escolhi com o resumo dos jogos que eu vi. Com certeza fui injusto com alguém, e desde já peço perdão", falou.

Ronaldo ainda admitiu frustração por não ter conquistado a Copa Libertadores e a Liga dos Campeões. O Fenômeno, porém, acredita que a ausência dessas taças o torna "humano".

"Eu gostaria muito de ter sido campeão da Champions League com o Real Madrid, ou com a Inter, e também da Libertadores com o Corinthians ou com o Cruzeiro. Foram os que eu mais tive chance. Não pude conquistar, mas tenho muitas outras conquistas das quais me orgulho muito. E também me faz sentir humano a falta desses dois títulos", disse.

Futebol