PUBLICIDADE
Topo

PE: Sport diz que expulsará torcedores que invadiram festa do Santa Cruz

Festa do Santa Cruz termina em pancadaria após invasão de torcedores do Sport - Twitter/Reprodução
Festa do Santa Cruz termina em pancadaria após invasão de torcedores do Sport Imagem: Twitter/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

04/02/2020 13h45

O Sport Club do Recife pediu ao Ministério Público de Pernambuco que identifique os envolvidos no tumulto ocorrido ontem, na festa de aniversário do Santa Cruz.

O clube enviou um ofício ao órgão, assinado pelo presidente Milton Bivar, solicitando que "assim que identificados os responsáveis, seja encaminhada a relação ao clube para expulsão do quadro social e proibição de acesso às dependências Sociais e do Estádio".

Torcedores da organizada do Sport são os principais suspeitos de terem invadido a festa de 106 anos do clube rival, no Pátio de Santa Cruz, no centro do Recife.

Em nota, a Polícia Militar informou que foi "surpreendida pela invasão de um grupo de 80 pessoas, supostamente integrantes de uma das chamadas 'torcidas organizadas' do Sport". Segundo a polícia, o grupo chegou "de forma agressiva, usando paus e garrafas para atingir os torcedores que festejavam". A comemoração foi interrompida e retomada após as 22h.

O Santa Cruz repudiou a violência e cobrou que os responsáveis sejam punidos.

"Era o momento da nossa torcida, no aniversário do clube, no pátio, local onde tudo começou. Repudiamos o ato de violência e covardia que ocorreu e exigimos das autoridades punição aos responsáveis das agressões contra famílias, crianças e todos que estavam em uma celebração. ISSO NÃO É FUTEBOL", diz o comunicado postado pelo clube nas redes sociais.

Futebol