PUBLICIDADE
Topo

Futebol Americano

Dono de time da NFL fracassa ao tentar censurar críticas de torcida

Torcedor do Oakland Raiders tira sarro de Dean Spanos, dono do Los Angeles Chargers - Sean M. Haffey/Getty Images
Torcedor do Oakland Raiders tira sarro de Dean Spanos, dono do Los Angeles Chargers Imagem: Sean M. Haffey/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

29/09/2017 17h54

Dean Spanos é pouco querido pela torcida dos Chargers. Proprietário da franquia da NFL, o empresário não se esforçou para manter o time em San Diego, mudando-o para Los Angeles nesta temporada. Por conta da “traição”, os torcedores da antiga casa contrataram aviões que sobrevoaram banners críticos a Spanos durante os dois jogos realizados pela equipe no StubHub Center, casa temporária dos Chargers nos arredores de Los Angeles.

O milionário não gostou. Spanos entrou em contato com a Federal Aviation Administration (FAA), entidade regulatória da aviação civil nos Estados Unidos, para evitar novos episódios de faixas contrárias a ele pairando sobre o estádio, mas recebeu uma negativa após sua requisição nesta semana, de acordo com o canal "Fox 5" de San Diego.

Spanos queria uma restrição temporária de voos na região do estádio em dias de jogo, mas tal manobra só é autorizada pela FAA em arenas com mais de 30 mil torcedores de capacidade. O StubHub Center não chega a isso – no último domingo, com ingressos esgotados, pouco mais de 25 mil compareceram à derrota para o Kansas City Chiefs.

Desta forma, as manifestações do torcedor Joseph MacRae continuarão. Torcedor de San Diego, ele foi o responsável por encomendar aviões com mensagens de protesto. Na primeira partida dos Chargers na temporada, contra o Miami Dolphins, o avião trouxe a faixa: “Liberte os Chargers. Traga eles de volta a San Diego”, com uma hashtag “Spanos Sucks”.

Contra os Chiefs, a frase mudou: “Pior dono nos esportes? Dean Spanos. Pague seu aluguel!” O texto é uma alusão ao fato dos Chargers estarem temporariamente no StubHub Center, enquanto Stan Kroenke, dono do Los Angeles Rams, constrói uma arena bilionária em Inglewood para seu time, a qual terá como locatários Spanos e seus Chargers.

Os críticos da mudança também se deleitam com o início de temporada pífio da equipe. Foram três derrotas nas três primeiras rodadas, sendo as duas últimas em casa com as arquibancadas repletas de torcedores rivais. A próxima partida será neste domingo (1º), novamente em casa, contra o Philadelphia Eagles. MacRae, que tem uma página de financiamento colaborativo para bancar os sobrevoos, promete uma nova mensagem voando acima do StubHub Center.

Futebol Americano