PUBLICIDADE
Topo

Morre Jeff Grosso, lenda do skate, aos 51; Tony Hawk posta homenagem

O skatista Jeff Grosso em 2013 - Reprodução
O skatista Jeff Grosso em 2013 Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

01/04/2020 12h08

O skatista Jeff Grosso, um dos nomes mais famosos da modalidade nos anos 1980, morreu ontem em Newport Beach (EUA), aos 51 anos. A notícia foi confirmada pela revista Thrasher e pelo TMZ, que adicionou que a causa da morte ainda não foi determinada pela polícia.

O repórter Michael Burnett, da Thrasher, destacou que Grosso foi "de melhor amador de sua geração a super estrela do skate nos anos 1980", relembrando ainda os problemas do atleta com drogas durante as décadas seguintes e, depois, sua história de superação.

Grosso sofreu três overdoses antes de passar pela reabilitação, em 2017, e ganhou nova notoriedade ao começar a apresentar o programa "Love Letters to Skateboarding", bancado pela marca de tênis Vans. Ele deixa o seu filho, Oliver, de oito anos.

Em postagem sobre a morte do amigo, Tony Hawk o homenageou como "um verdadeiro atleta do skate". "Ele era uma grande fonte de entretenimento, e sempre tinha valiosas pérolas de filosofia para a nova geração. Eu tive muita sorte de andar com ele durante as últimas quatro décadas, e aparecer em sua série", escreveu.

"Em uma das últimas vezes em que nos falamos, eu e Jeff comentamos sobre como era incrível que ainda estávamos ganhando a vida com isso, e que as pessoas ainda se importavam com o que pensávamos ou fazíamos, na nossa idade", contou Hawk.

"Eu acho que Jeff é uma das grandes razões pelas quais alguém ainda se importa, e o skate teve a sorte de tê-lo como embaixador e historiador. Ele também era um ótimo pai. Eu não consigo nem descrever o quanto vamos sentir falta dele", completou.

Esporte