PUBLICIDADE
Topo

Ítalo Ferreira: Ser campeão olímpico passou da minha imaginação, nunca imaginei

Domitila Becker

Do UOL, em Ichinomiya (Japão)

27/07/2021 11h21

Campeão mundial e agora campeão olímpico de surfe, Ítalo Ferreira disse após a conquista que jamais imaginou que estaria competindo nos Jogos Olímpicos e que cada um que participou da estreia da modalidade em Tóquio tem um pedaço de sua medalha.

O responsável por ganhar a primeira medalha de ouro do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio deu entrevista exclusiva para Domitila Becker, no UOL News Olimpíadas, direto da praia de Tsurigasaki, e destacou tudo o que conseguiu fazer após um caminho com adversidades até na final, quando teve uma prancha quebrada.

"Realmente deu tudo certo para mim. Eu acho que peguei a primeira onda das Olimpíadas, venci a primeira bateria, fiz a maior nota e conquistei a medalha de ouro, então deu para fazer barba, cabelo e bigode nessa daí", afirmou Ítalo.

"Não dá para imaginar. Eu fui campeão mundial e para mim já era algo gigantesco, ser campeão olímpico acho que passou da minha imaginação. Eu sempre assisti às Olimpíadas, mas nunca imaginei que o surfe iria entrar, pelo fato de ser difícil, em alguns lugares não ter praia, mas aí a gente teve essa grande oportunidade, então todo mundo que participou aqui no Japão tem um pedaço dessa medalha e todo mundo fez história, isso que é legal, a gente pode contar para todo mundo que a gente participou das Olimpíadas e que a gente fez história", completou.

O potiguar também comenta a mudança da forma como se encara o surfe hoje e de como o esporte mudou a sua vida, além de ressaltar a importância da estreia não apenas da modalidade, mas também do skate em Jogos Olímpicos.

"O surfista agora ganha bem, ele ajuda a família, ele ajuda o próximo. Realmente o surfe mudou minha vida, como muda a vida de muitas pessoas, eu conheço bastante pessoas em São Paulo que surfam por prazer e que se sentem bem indo surfar antes do trabalho, daí você tira quão é bom o surfe. Você está na praia, você está pegando onda, você está conectado ali com a natureza", disse Ítalo.

"Realmente o surfe é especial e eu tenho muito respeito também pela galera do skate, que fez estreia nas Olimpíadas também e fez história também com as meninas e com o masculino também. O Brasil está bem representado", conclui.