PUBLICIDADE
Topo

Antônio Tenório é derrotado na semifinal e disputará o bronze no judô

Antônio Tenório, durante semifinal nas Paralimpíadas 2020 - Reprodução/Paralympic Games
Antônio Tenório, durante semifinal nas Paralimpíadas 2020 Imagem: Reprodução/Paralympic Games

Do UOL, em São Paulo

29/08/2021 00h42

Considerado o maior judoca paralímpico da história, Antônio Tenório, de 50 anos, disputará a medalha de bronze da categoria até 100kg nos Jogos de Tóquio. O brasileiro foi derrotado por Ben Goodrich, dos Estados Unidos, nas semifinais.

Dono de quatro medalhas de ouro paralímpicas, Tenório acabou superado após mais de três minutos no golden score.

Com cerca de dois minutos para o final da luta, Tenório recebeu um shido. O norte-americano também levou um shido pouco depois. Sem novas pontuações, o duelo foi para o golden score.

Após mais de dois minutos no golden score, Goodrich recebeu um segundo shido, seguido por outro para o brasileiro. Após 3min30, Tenório levou um ippon e viu a vitória ficar com o norte-americano. Antes, na sua estreia, havia vencido Ion Basoc, da Moldávia.

O adversário do brasileiro na disputa do bronze será Sharif Khalilov, do Uzbequistão, ainda hoje, a partir das 4h30 (de Brasília).

Derrotado, Tenório não terá a chance de faturar o seu quinto ouro paralímpico, mas buscará a sétima medalha no evento. Ele foi campeão quatro vezes seguidas, em 1996, 2000, 2004 e 2008. Depois, levou o bronze em 2012 e a prata em 2016. Agora, então, tentará conquistar novo bronze, alguns meses após ficar internado com o coronavírus.

Arthur disputará o bronze

Outro judoca brasileiro na briga pelo bronze é Arthur Cavalcante da Silva, na categoria masculina até 90kg. Para isso, venceu o japonês Haruka Hirose por ippon na repescagem. Seu adversário na luta pelo pódio será o ucraniano Oleksandr Nazarenko.

Antes, ele venceu o venezuelano Hector Espinoza Rodrigues por ippon nas oitavas de final. Na sequência, perdeu para o iraniano Vahid Nouri nas quartas de final

O Brasil ainda teve outro representante no último dia do judô em Tóquio. Na categoria masculina acima de 100kg, Wilians Araújo foi eliminado nas oitavas de final após derrota contra o cubano Yordani Fernández Sastre.

O judô brasileiro já tem uma medalha as Paralimpíadas de Tóquio: o bronze de Lúcia Araújo na categoria até 57kg.