PUBLICIDADE
Topo

Com reação no fim, Renê Campos Pereira é bronze no remo nas Paralimpíadas

Renê Campos Pereira é bronze no single skiff PR1 masculino nas Paralimpíadas - Fabio Chey /CPB
Renê Campos Pereira é bronze no single skiff PR1 masculino nas Paralimpíadas Imagem: Fabio Chey /CPB

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/08/2021 23h47

O Brasil conquistou neste domingo (29) a sua primeira medalha em competições do remo nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. O feito foi alcançado pelo baiano Renê Campos Pereira, de 41 anos, que conquistou a medalha de bronze no single skiff PR1 masculino, prova para atletas com função mínima ou nenhuma função de tronco.

Com arrancada nos metros finais, o brasileiro completou a prova em 10min03s54 e assegurou a terceira colocação. O ouro ficou com Roman Polianskyi, da Ucrânia, com 9min48s78. A prata foi do australiano Erik Horrie, com 10min00s82.

Competindo na mesma raia onde outro baiano, Isaquias Queiroz, brilhou nos Jogos Olímpicos, Renê esteve na quarta colocação até os 1.500m. O brasileiro aumentou o ritmo nos 500m finais e tirou o espanhol Javier Reja Muñoz do pódio, ficando 3s19 à frente do rival.

No feminino, Cláudia Cicero Sabino terminou na sexta colocação do Single skiff PR1 feminino, com 12min57s80. O ouro ficou com a norueguesa Birgit Skarstein (10min56s88). A israelense Moran Samuel ficou com a prata (11min18s39) e a francesa Nathalie Benoit assegurou o bronze (11min28s44)

A medalha de Renê é a 24ª conquistada pelo Brasil nas Paralimpíadas de Tóquio. Após essa conquista, o país soma 6 de ouro, 5 de prata e 13 de bronze.