PUBLICIDADE
Topo

Darlan se emociona ao falar de preparação e mira Paris-2024: 'Vou dar 300%'

Darlan Romani, na final do arremesso de peso masculino - REUTERS/Kai Pfaffenbach
Darlan Romani, na final do arremesso de peso masculino Imagem: REUTERS/Kai Pfaffenbach

Demétrio Vecchioli

Do UOL, em Tóquio

05/08/2021 00h48

O brasileiro Darlan Romani, que ficou em 4º na final do arremessamento de peso, se emocionou muito ao relembrar sua prepração para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Com muitos obstáculos durante os dois últimos anos por conta da pandemia, Darlan afirmou que pretende voltar mais forte para Paris-2024.

"A pandemia complicou tudo. Ano passado a gente vinha treinando forte, entrou a pandemia, tudo o que aconteceu, a cirurgia, covid, enfim. É difícil falar", disse em entrevista ao SporTV o brasileiro, visivelmente emocionado. "Eu sou o quarto, mas não quero isso para a minha vida. Novo ciclo, ciclo mais curto, mas pode ter certeza que eu estou voltando para Brasil e, se eu dava 200%, agora vou dar 300%", acrescentou.

Romani teve os treinamentos diretamente afetados pela pandemia da covid-19. Por conta de restrições causadas pela quarentena, seu técnico, Justo Navarro, não conseguiu sair do seu país natal, Cuba, o que atrapalhou muito a preparação de Darlan.

Para treinar, o arremessador de peso brasileiro chegou a improvisar uma estrutura em um terreno perto da sua casa, em Bragança Paulista. Graças à estrutura inadequada para se preparar, Darlan começou a sentir dores lombares e foi diagnosticado com hérnia de disco, passando por uma cirurgia em fevereiro deste ano. Depois, ele e familiares contraíram a covid-19, mais um obstáculo a ser superado.

Darlan também foi quarto colocado no Mundial de Atletismo de Doha, em 2019, quando ficou engasgado com o resultado. Ele chegou em Tóquio buscando o pódio, que mais uma vez não veio. Ele valorizou a qualidade dos adversários, os americanos Ryan Crouser e Joe Kovacs, e o neozelandês Tomas Walsh.

"Os meninos estão de parabéns. Os caras são bons também. Não tem muito o que falar, foi uma excelente competição, eu acredito que eu poderia ter arremessado mais, algo aconteceu. Tenho que parar para analisar, cabeça a milhão. Mas agradecer a torcida de todo mundo", concluiu.