PUBLICIDADE
Topo

Dani Alves diz que Brasil mereceu classificação e prega manutenção de foco

Daniel Alves tenta jogada da seleção brasileira sob forte marcação do México em Kashima - Lucas Figueiredo/CBF
Daniel Alves tenta jogada da seleção brasileira sob forte marcação do México em Kashima Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

03/08/2021 08h05Atualizada em 03/08/2021 10h38

O Brasil disputará o ouro olímpico. Na manhã desta terça (3) confirmou a classificação ao bater o México nos pênaltis por 4 a 1, após empatar por 0 a 0 no tempo normal. A partida foi disputada em Kashima e, para o capitão Dani Alves, o direito de disputar a final tinha mesmo que ser dos brasileiros.

"A gente já sofreu com esse adversário bastante, mas esse é o futebol. Acredito que tivemos uma atuação muito boa, sofremos quando tivermos que sofrer, mas acredito que merecidamente estamos na final", disse ao final da partida. Dani foi responsável por converter a primeira cobrança na série de pênaltis.

Ele ainda comentou como a situação do gramado atrapalhou, mas que o Brasil se superou dentro das quatro linhas. "Gramado hoje estava um pouco irregular, mas não é desculpa. Quando uma equipe propõe jogo, o gramado irregular atrapalha. Acho que não teve nenhum problema não, colocamos as ocasiões, tivemos chances de ganhar o jogo, mas não foi possível. O destino queria que fosse desse jeito, assim foi", completou.

Com a classificação, o próximo desafio do Brasil será no sábado (7), às 8h30, em Tóquio. O adversário será a Espanha. É a terceira final olímpica consecutiva do Brasil, que conquistou a prata em Londres-2012 e o ouro na Rio-2016.