PUBLICIDADE
Topo

Com 7 cestas de três, Lillard comanda passeio dos Estados Unidos sobre Irã

Damian Lillard, dos Estados Unidos, observa Arsalan Kazemi, do Irã, durante jogo das Olimpíadas de Tóquio - Brian Snyder/Reuters
Damian Lillard, dos Estados Unidos, observa Arsalan Kazemi, do Irã, durante jogo das Olimpíadas de Tóquio Imagem: Brian Snyder/Reuters

Colaboração para o UOL, de São Paulo

28/07/2021 03h20

A seleção dos Estados Unidos não tomou conhecimento do time iraniano. Comandados por Damian Lillard, a seleção norte-americana aplicou um expressivo 120 a 66 sobre os adversários nesta quarta-feira (28), em jogo válido pela segunda rodada do torneio do basquete masculino em Tóquio.

O resultado vem para redimir os astros do "Dream Team" da derrota na primeira rodada. Os Estados Unidos foram batidos pela França, que aplicou a primeira derrota dos norte-americanos em Olimpíadas desde Atenas-2004.

O principal destaque da partida foi Damian Lillard, armador do Portland Trail Blazers. Ele foi o cestinha do jogo com 21 pontos, todos vindo de chutes de três. Ele acertou 7 das 13 tentativas de longe.

O Irã confiou as suas fichas no veterano Hamed Haddadi, que disputa a sua segunda olimpíada e já atuou na NBA. Foram quatro temporadas no Memphis Grizzlies. Nessa madrugada, 15 dos 66 pontos do Irã no jogo vieram dele.

Outro destaque da partida foi a brasileira Andreia Silva. Foi a primeira vez que uma árbitra mulher apitou uma partida de basquete masculino na história dos Jogos Olímpicos.

O próximo compromisso dos Estados Unidos no torneio olímpico é contra a República Tcheca no sábado, às 9h (de Brasília)