PUBLICIDADE
Topo

Alison e Álvaro estreiam com vitória tranquila sobre dupla argentina

Alison e Álvaro durante estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio  - Angela WEISS / AFP
Alison e Álvaro durante estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio Imagem: Angela WEISS / AFP

Beatriz Cesarini

Do UOL, em Tóquio

23/07/2021 22h51

Os brasileiros Alison e Álvaro estrearam nas Olimpíadas de Tóquio com vitória por 2 sets a 0 (21/16 e 21/17) sobre os argentinos Azaad e Capogrosso. A partida da primeira rodada do Grupo D aconteceu debaixo de forte calor, no Shiokaze Park.

Com a vitória, a dupla brasileira assume a liderança de sua chave, com dois pontos. Na sequência, Alison e Álvaro enfrentam os americanos Lucena e Dalhausser, no dia 28, à meia-noite.

Apesar da tensão da estreia, a dupla brasileira sofreu pouco ao longo do jogo. O momento mais crítico para Alison e Álvaro aconteceu no início do segundo set, quando os argentinos abriram vantagem no placar. Os brasileiros, porém, se mostraram mais adaptados para vencer a partida.

Esta foi a primeira vez Alison e Álvaro jogou contra a dupla argentina. Enfrentando os argentinos que foram "aguerridos", Alison acredita que, apesar da ansiedade, ele e Álvaro souberam cadenciar o jogo.

"A gente teve paciência, usou da nossa experiência de carreira para fazer um bom jogo", opinou o campeão olímpico no Rio-2016.

Campeão na Rio 2016, Alison tenta sua terceira medalha olímpica e compete com Álvaro, que está em sua primeira Olimpíada. Os Jogos Olímpicos de Tóquio serão disputados por ele ao lado de uma dupla diferente mais uma vez. Medalha de ouro atuando com Bruno Schmidt, o jogador também já tem na carreira uma medalha de prata, em Londres, atuando ao lado de Emanuel.

Calor forte é um problema

Ambas as duplas, porém, sentiram o forte calor, que ultrapassou os 30º graus. Os atletas beberam bastante água durante os intervalos. Já Alison chegou a colocar um colete de gelo, disponibilizado pelo COB (Comitê Olímpico Brasileiro), para se refrescar. Os organizadores, inclusive, colocaram um alerta de insolação na entrada da arena.

"Nós chegamos aqui há 12 dias, sabíamos do calor, jogamos aqui em 2019. É um calor diferente, é um calor muito úmido aqui", disse Alison após a partida. "Poucos lugares são assim. Na Europa o verão europeu não é tanto assim, é uma semana ou outra".

Durante o jogo, alta temperatura e a umidade do ar fizeram com que a dupla brasileira precisasse mudar de estratégia em alguns momentos.

"O Álvaro levanta de toque. eu falei para ele: "olha, o braço está bem molhado", aí ele segurou mais a bola", contou Alison.