PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Em clássico, Corinthians coloca força do seu elenco à prova para se manter próximo ao G4 do Brasileirão

18/10/2021 06h00


Sem poder contar com dois dos seus principais titulares, já que Fagner está suspenso e Willian é desfalque por motivo de lesão, o Corinthians enfrenta o São Paulo nesta segunda-feira, às 20h, no Morumbi, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, em duro teste que coloca à prova a força do seu elenco.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Relembre como foram os últimos 15 jogos entre Timão e Tricolor no Morumbi

Os jovens Du Queiroz e Gustavo Mosquito aparecem como favoritos a entrar respectivamente na lateral direita e no meio-campo do Timão como substitutos dos medalhões que não poderão atuar. O primeiro deles, mesmo sendo volante de origem, já substituiu Fagner em outros jogos nesta temporada e por isso está na frente nesta disputa por um lugar na equipe.

O experiente atacante Jô também figura na briga pelo posto de Willian, mas a tendência é a de que o técnico Sylvinho confirme a entrada de Mosquito, que já entrou na equipe logo após o ex-jogador do Arsenal e do Chelsea se lesionar no início da partida contra o Fluminense, na última quarta-feira, em Itaquera.

Na sexta-feira passada, na última entrevista coletiva que concedeu, o comandante alvinegro falou sobre as opções para escalar o seu time para o clássico e citou também como alternativa para a lateral direita o reforço João Pedro, recém-contratado por empréstimo junto ao Porto, que no último domingo foi finalmente relacionado para a sua primeira partida no Corinthians.

- Sobre o clássico, estamos projetando o time, montando, há a ausência certa do Fagner, vamos estudar com Du Queiroz, o próprio João Pedro. Ele se incorporou há pouco tempo, veio em fase de transição, está ganhando condição física melhor e atinge níveis bons no treinamento, 11 contra 11 - disse Sylvinho, deixando claro que o atleta ainda não atingiu a condição ideal.

- Está melhor hoje que há algum tempo. Estamos trabalhando o jogador. Ainda não temos uma definição. Vamos aguardar até as vésperas do jogo - despistou Sylvinho, que pouco antes também evitou projetar o substituto de Willian, pois ainda esperava pelo resultado do exame que confirmou a lesão muscular na coxa que deverá deixar o jogador mais de um mês afastado da equipe.

QUEBRA DE JEJUM NO MORUMBI PARA FICAR PERTO DO G4

Para seguir próximo da luta direta por uma vaga no G4, o Corinthians precisará, além de superar os desfalques, quebrar um jejum no Morumbi, que dura desde 2017, quando o Alvinegro superou o Tricolor por 2 a 0 pela semifinal do Paulistão, então na última vitória sobre o rival no estádio. De lá para cá, foram sete partidas no local, com quatro triunfos são-paulinos e três empates.

Em caso de vitória no clássico, o Timão, atual sexto colocado do Brasileirão, chegará aos 43 pontos e voltará a ficar empatado com o Palmeiras, que no último domingo bateu o Internacional por 1 a 0, em São Paulo, e assumiu a quarta colocação. Porém, mesmo que ganhe, o Alvinegro ficará atrás do arquirrival, que tem três vitórias a mais (13 a 10) que os corintianos.

O Fortaleza, com 45 pontos, e o Bragantino, com 42, figuram nos respectivos terceiro e quinto lugares, e também estão na briga direta por vaga no G4. Ou seja, um triunfo no clássico deixará o Timão, hoje com 40 pontos, na quinta posição. E também servirá para abrir vantagem sobre o Internacional, que estacionou nos 39 e no sétimo posto ao ser derrotado pelo Palmeiras.





Futebol