PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Para voltar a triunfar, Bahia precisa de urgente melhora nos dois extremos

03/08/2021 09h08


As estatísticas recentes acumuladas pelo Bahia tanto na defesa como no ataque aumentam a preocupação do torcedor pensando na melhora da equipe da mesma forma que dão o tom de urgência na necessidade de mudar o cenário no restante da temporada.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

No caso do sistema defensivo, o time vem sofrendo gols nos últimos cinco jogos entre Brasileirão e Copa do Brasil, tendo sido a última oportunidade que a zaga se safou de sofrer gols em 7 de julho no triunfo por 1 a 0 contra o Juventude através do tento de Matheus Bahia. Desde então, foram 11 gols sofridos, média que ultrapassa a marca de dois tentos sofridos a cada compromisso.

Se lá atrás as coisas não estão funcionando para a equipe de Dado Cavalcanti, no plano ofensivo o cenário tampouco é animador.

Isso porque o gol citado do lateral-esquerdo foi justamente o último que a equipe marcou no ano, tendo passado em branco nos dois duelos com o Atlético-MG (Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil) além dos embates no Brasileirão contra São Paulo, Flamengo e Sport.

O próximo adversário do Esquadrão, aliás, será uma excelente oportunidade para demonstrar um alto teor de poder de reação para o plantel tricolor. Isso porque, após contrair a desvantagem de 2 a 0 na ida, o Bahia decide seu futuro na Copa do Brasil contra o Atlético-MG na próxima quarta-feira (4) às 21h30 (de Brasília).

Por conta de punição aplicada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) em razão da confusão generalizada na decisão da Copa do Nordeste deste ano vencida contra o Ceará, a equipe recebe o time mineiro em Feira de Santana. Mais precisamente, no Joia da Princesa.

Futebol