PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Botafogo tenta fazer do tempo seu aliado para recolher os cacos e voltar suas atenções para a Série B

18/04/2021 06h50


A necessidade do Botafogo dar respostas à torcida faz com que a equipe tente fazer do tempo seu aliado. Passado o turbilhão causado pelas eliminações precoces na Copa do Brasil e da disputa pelas semifinais do Campeonato Carioca, o técnico Marcelo Chamusca projeta fazer das últimas partidas na competição estadual uma linha de montagem de olho no grande objetivo da temporada de 2021: a boa campanha na Série B e o acesso à elite no fim do ano.

- A gente vai trabalhar essa semana para recuperar os jogadores dessa semana muito desgastante em todos os aspectos. Mas já conversei o Freeland (Eduardo Freeland, diretor de futebol) para podermos começar esse trabalho - declarou, em entrevista coletiva.

Além das lesões de jogadores considerados essenciais, a maneira como o Botafogo foi inofensivo no Clássico Vovô saltou aos olhos. O único chute aconteceu aos 47 minutos do segundo tempo, vindo dos pés de Ênio, e foi facilmente abafado por Marcos Felipe.

No decorrer do duelo, Matheus Nascimento hesitou ao definir as jogadas.Os demais jogadores do setor ofensivo também foram facilmente anulados, enquanto a defesa deixou brechas para os tricolores

O comandante vê como solução para mudar o quadro a mescla de treinamentos com a rotina de jogos previstos. Além do duelo com o Macaé, que encerrará a participação da equipe na Taça Guanabara, caso o Alvinegro fique entre o quinto e o oitavo lugar, disputará o simbólico troféu da Taça Rio.

- Ainda esperamos pela federação para marcar esses jogos e poder preparar. A nossa ideia é servir como preparação, desde que a gente tenha tempo para treinar. A nossa maior necessidade, hoje, é treinar - disse.

Além do duelo com o Macaé, no último jogo dos botafoguenses pela Taça Guanabara, caso o Botafogo fique entre o quinto e o oitavo lugar, disputará o simbólico troféu da Taça Rio.

O tempo pode não apagar o início de temporada decepcionante. Mas conduzir o Botafogo a um momento novo se torna crucial, e o elenco quer comprovar que ainda há chance de os alvinegros se sobressaírem.

Futebol