PUBLICIDADE
Topo

Santos

Marinho acredita que Santos precisa 'impor o seu ritmo' para vencer o Palmeiras

05/12/2020 07h00

Marinho é o cara do Santos em 2020. Com 19 gols, sendo 13 apenas no Campeonato Brasileiro, o camisa 11 é o artilheiro do Peixe tanto no ano, quanto na competição nacional. Portanto, o atacante é a principal esperança para que o Alvinegro vença o primeiro clássico da temporada neste sábado (05), às 17h, contra o Palmeiras, na Vila Belmiro, pela 24ª rodada do Brasileirão.

Ainda que reconheça a qualidade do adversário, que tem o mesmo número de pontos, 37, mas está uma posição acima, Marinho acredita que o Santos pode impor o seu ritmo e que isso seria fundamental para que o clube bastasse o seu rival direto.

- O Palmeiras é um adversário forte, vem de uma vitória atuando com um nível alto na Libertadores. Em jogos como esse tudo pode acontecer. Temos que ter muita intensidade e equilíbrio durante os noventa minutos para vencermos. Vamos enfrentar uma grande equipe. Precisamos impor nosso ritmo de jogo para alcançarmos os três pontos - disse o jogador com exclusividade ao L!.

Avaliação positiva

O atleta reconhece a boa temporada que o elenco santista tem feito neste Brasileirão. Cotado inicialmente para brigar na parte de baixo da tabela, o Peixe esteve nas primeiras colocações desde o início da competição. Atualmente, o time comandado pelo técnico Cuca é o quinto colocado, a sete pontos do líder São Paulo.

"Estamos fazendo um bom campeonato até aqui. Estar sempre neste bloco da frente da tabela prova que o trabalho que tem sido realizado vem dando resultados em campo".

No entanto, o artilheiro santista alerta a importância do elenco não deixar o nível cair nesse momento da temporada onde as competições estão afunilando. "Não podemos deixar o ritmo cair agora. Queremos manter uma sequência positiva para entrarmos no G4 e não sairmos mais - acrescentou Marinho".

Sequência de jogos

Além do número de pontos na tabela do Brasileiro, Santos e Palmeiras tem em comum o foco dividido com a Copa Libertadores. As duas equipes se classificaram às quartas de final na última semana e já possuem compromisso na que iniciará. O Peixe joga o primeiro jogo das quartas nesta quarta-feira (09), contra o Grêmio, em Porto Alegre.

"Nosso final de temporada tem tudo para ser bem intenso. Além da Série A, teremos a sequência da Libertadores. Só decisões pela frente. O grupo precisa continuar neste mesmo ritmo para conquistar seus objetivos".

Por mais dois gols neste ano, Marinho alcançará a marca da temporada que mais balançou as redes. Em 2016, pelo Vitória, o jogador fez 21 gols. Contudo, a média de gols deste ano, com a camisa santista, já é superior a que Marinho teve há quatro anos: 0,63 contra 0,48 gol por jogo.

Santos