PUBLICIDADE
Topo

Santos deseja enfrentar Santo André na Vila Belmiro, mas dependerá de parecer do poder público

09/07/2020 06h00

O Santos ainda não sabe onde mandará a sua primeira partida após o retorno do futebol em São Paulo. Nesta quarta-feira, o governo estadual anunciou o reinicio do Campeonato Paulista, paralisado desde o dia 16 de março, por conta da pandemia do novo coronavírus, no dia 22 de julho.

Na retomada, o Peixe enfrenta o Santa André, líder geral da competição. Hoje aconteceria no dia 21 de março, na Arena Barueri, antes da suspensão da competição estadual. A ideia da diretoria santista à época era contemplar os torcedores da capital e angaria maior renda, já que o estádio paulistano possui mais de 31 mil lugares, ante os 16 mil da Vila Belmiro.

No entanto, com os portões fechados à torcida na volta do futebol em São Paulo, a ideia perde o sentido. Portanto, o desejo do clube é mandar em seu estádio, na Baixada Santista os seus jogos restantes no Paulistão, mas esbarra na liberação da região no Plano São Paulo, proposta de "reabertura consciente" promovida pelo governo estadual. Nela, as cidades paulistas são divididas em "fases" que limitam o funcionamento de determinadas atividades, como as esportivas.

Durante o anúncio do Poder Executivo do Estado sobre a volta do Campeonato Paulista a duas semanas, foi comunicado que apenas cidades que fazem parte da "fase amarela" podem sediar os seus jogos, o que restringe, a princípio, Santos, que está na "zona laranja".

Em contato com a reportagem, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Santos reforçou a postura estadual e disse que acompanha a retomada dos treinamentos do Peixe, cumprindo o protocolo exigido pela Vigilância Sanitária Municipal.

A previsão de atualização das condições municipais e regionais na sequência do Plano São Paulo, deve acontecer nesta sexta-feira, segundo informou a comunicação da cidade santista.

O Campeonato Paulista possui mais sete datas de realização. Na primeira fase, mais duas rodadas serão jogadas. Além do Santo André, o Alvinegro Praiano joga a 12ª rodada da competição contra o Novorizontino, cujo a cidade de Novorizonte também encontra-se fora da zona permitida para recepção de partidas. Após isso, ainda serão jogadas as quartas de final e semifinais (em jogo único), além da decisão (em duas partidas). A final está prevista para o dia 8 de agosto, com o Brasileirão iniciando já no dia seguinte.

Caso a Baixada Santista mantenha-se na "zona laranja" durante esse período, a tendência é que o Peixe mande os seus jogos na cidade de São Paulo, o que pode ser mantido no Campeonato Brasileiro, já que o presidente José Carlos Peres admitiu que pode transferir o mando santista para outros locais do Estado na competição nacional, caso seja de consenso entre a CBF e os outros times que disputam a primeira divisão.

Futebol