PUBLICIDADE
Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Corinthians segue acordo coletivo e dará férias a seus jogadores

Pedrinho em ação em treino do Corinthians no CT Joaquim Grava - Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Pedrinho em ação em treino do Corinthians no CT Joaquim Grava Imagem: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

29/03/2020 12h17

O Corinthians vai seguir o acordo da Comissão Nacional de Clubes com representantes de jogadores das Séries A, B, C e D do Brasileirão e confirmará em breve que dará férias coletivas ao seu elenco entre 1 e 20 de abril. Por enquanto, os atletas do Timão estão em atividade, mas sem frequentar o CT Joaquim Grava.

Na negociação coletiva, os representantes dos atletas recusaram duas propostas que falavam em suspensão salarial após os 20 dias de férias: a primeira de 50% e a segunda, de 25%. Os clubes ficaram livres tanto para seguirem a recomendação de conceder férias quanto para negociarem essa questão salarial diretamente com seus jogadores. No Corinthians, ainda não há definição sobre qualquer alteração salarial devido à paralisação do futebol por causa do novo coronavírus.

O fluxo de caixa do Timão é pouco prejudicado pela ausência de receita com bilheteria de jogos, já que esse valor é todo usado para pagar a Arena. No entanto, o clube já teve um prejuízo considerável ao ser eliminado na fase preliminar da Libertadores e, enquanto o Paulistão não retorna, não recebe da TV Globo a última parcela dos direitos de transmissão.

Para se ter uma ideia, os clubes que ainda estão na Libertadores podem pedir à Conmebol uma antecipação de 60% dos prêmios de participação na fase de grupos (cerca de R$ 9 milhões). O Corinthians não teve essa possibilidade.

Férias para o futebol feminino já foram anunciadas

O Corinthians anunciou em seu site oficial que as jogadoras da equipe feminino terão férias do dia 1 ao dia 20 de abril, o mesmo que acontecerá no profissional.

Corinthians