PUBLICIDADE
Topo

Pedro diz que 'poderia ter vencido' em desembarque do Flamengo

Flamengo na final da Recopa Sul-Americana - REUTERS/Daniel Tapia
Flamengo na final da Recopa Sul-Americana Imagem: REUTERS/Daniel Tapia

20/02/2020 11h55

Classificação e Jogos

O Flamengo já está em solo brasileiro. De volta após confronto em Quito pela ida da Recopa Sul-Americana, encerrado com empate em 2 a 2 com o Independiente Del Valle, a delegação rubro-negra desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio, por volta das 10h20 de hoje. A grande expectativa ficara por conta de Bruno Henrique, que chegou a ir ao hospital ainda durante o jogo, em razão de uma forte pancada na perna direita. O clube informou que exames iniciais não constaram fraturas, mas, sim, um trauma (ou um "grande susto").

Bruno Henrique passou pelo saguão de bota ortopédica e, aparentemente, sem dificuldades para caminhar. Assim como Rodrigo Caio, que, de acordo com informações da assessoria de imprensa do Fla, sentiu dores no músculo adutor da coxa esquerda - e o doutor rubro-negro João Marcelo ainda não soube precisar o grau da lesão. Eles serão reavaliados nesta tarde e também na reapresentação do grupo no Ninho do Urubu.

Aliás, o elenco de Jorge Jesus só volta ao CT amanhã, já que, hoje, há folga. O próximo treino será visando a final da Taça Guanabara, a ocorrer diante do Boavista, às 18h, neste sábado e no Maracanã.

Já o jogo da volta contra o Del Valle, valendo um título que seria inédito para o Flamengo, será realizado na próxima quarta, às 21h30, também na casa rubro-negra.

Fala, Pedro!

Ainda sobre o resultado no Equador, Pedro, que entrou na vaga de Bruno Henrique e, como o camisa 27, foi à rede na peleja, realçou que o time "poderia ter vencido", ficando na bronca com a arbitragem.

"Mais um gol pelo Flamengo, fico feliz. Sabemos que seria um jogo difícil, na altitude e contra um rival muito forte, campeão da Sul-Americana. Mas acredito que poderíamos ter vencido, se não fosse aquele pênalti, que, ao meu ver, não foi nada, porém foi um resultado bom. Agora decidimos em casa e com a nossa torcida. Espero que sejamos campeões", disse.

Por fim, o atacante emprestado pela Fiorentina também falou sobre Bruno Henrique.

"Graças a Deus foi só um susto, com uma pancada muito forte, ele sentiu demais na hora e nem conseguia pisar. Felizmente fez o primeiro exame e não deu nada grave. Agora, é ele recuperar o mais rápido possível. É um jogador super importante para a equipe. Tenho certeza que retornará logo", finalizou Pedro.

Flamengo