PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Corinthians desperdiça muitos gols e perde para o Atlético Nacional

18/01/2020 21h52

O Corinthians perdeu para o Atlético Nacional, da Colômbia, por 2 a 1 e acabou ficando sem o título da Florida Cup. O Alvinegro saiu na frente com Ramiro, mas Torrez e Gomez viraram a partida. A equipe de Tiago Nunes mostrou um bom volume de jogo, principalmente no primeiro tempo, mas as chances desperdiçadas acabaram custando caro.

O jogo começou aberto, com as duas equipes tentando dificultar a saída do adversário. E já aos dois minutos, a marcação alvinegra deu resultado: Não demorou para o Timão marcar. O colombiano Cantillo enfiou bela bola para Janderson, que rolou para Piton cruzar para Ramiro. No segundo pau, o camisa 28 bateu de chapa para fazer o seu primeiro tento com a camisa alvinegra.

Depois do gol, o Corinthians continuou em cima do rival. Pelo lado direito, a equipe trocou passes rápidos e chegou ao fundo com Luan, que acabou não achando Boselli na área adversária. Aos 17 minutos, outra boa chance. Desta vez, Luan achou Janderson entre os zagueiros. O camisa 31 dominou e bateu desequilibrado.

Oito minutos depois, a melhor chance do Timão. Fagner sofreu pênalti. Na cobrança, Boselli parou nas mãos do goleiro. O Atletico Nacional melhorou no jogo e passou a incomodar mais o Timão, sobretudo em lances de bola parada. Aos 39, mais uma boa chance para Mauro Boselli. Em contra-ataque, o centroavante bateu colocado por cima do goleiro e a bola acabou batendo no travessão.

Pouco antes do apito final, porém, o Atletico Nacional empatou. Com liberdade pelo lado direito, Candelo cruzou para Torres, que ganhou de Gil e testou para o fundo das redes.

Na segunda etapa, sem grandes mudanças, o Corinthians quase marcou no primeiro lance. Luan e Ramiro armaram a jogada para Vagner Love, que parou no goleiro e, no rebote, acabou desperdiçando.Na sequência, o Atletico chegou com perigo, finalizando bem perto da trave de Cássio. Depois, Torres cabeceou no travessão, assustando a Fiel. Vendo seu time ser dominado, Tiago Nunes fez mais trocas: colocou Richard, Gabriel e Mateus Vital nos lugares de Cantillo, Camacho e Luan.

As trocas, porém, não surtiram muito efeito, apesar do jogo ter ficado mais equilibrado da metade do segundo tempo para frente. Aos 21 minutos, o Timão voltou a criar uma chance. Após cruzamento de Gil, a zaga afastou para a entrada da área e Richard bateu com perigo ao lado do gol de Cuadrado. Na sequência, Janderson achou Sidcley infiltrando e o lateral acabou chutando para fora, já perdendo o equilíbrio.

Depois disso, Walter, Danilo Avelar, Bruno Méndez e Madson entraram no lugar de Cássio, Gil, Pedro Henrique e Janderson. E a pressão continuou: em erro de saída, Ramiro achou Love por cima e o atacante também finalizou para fora. E aos 30 minutos, o garoto Madson levou perigo com chute de pé direito após erro na saída de bola dos colombianos. Uma chance perdida atrás da outra.

O tempo foi passando e o nível da partida caiu, com poucas chances para os dois lados. Aos 37 minutos, porém, o Atletico Nacional criou um contra-ataque e marcou com Gomez, virando a partida. Fim de jogo e a primeira derrota de Tiago Nunes pelo Timão.

FICHA TÉCNICA

Competição: Florida Cup

Local: Exploria Stadium, Orlando, Flórida, Estados Unidos da América

Data: 18 de janeiro de 2020 (sábado)

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Matthew Miscannon

Gols: Ramiro (Corinthians); Torres e Gómez (Atlético Nacional)

Cartões amarelos: Pedro Henrique, Luan, Sidcley e Gabriel (Corinthians); Barrera (Atlético Nacional)

CORINTHIANS: Cássio (Walter); Fagner, Gil (Danilo Avelar), Pedro Henrique (Bruno Méndez) e Lucas Piton (Sidcley); Camacho (Gabriel) e Cantillo (Richard); Ramiro (Gustavo), Luan (Mateus Vital) e Janderson (Madson); Mauro Boselli (Vagner Love). Técnico: Tiago Nunes

ATLÉTICO NACIONAL: Cuadrado (Quintana); Muñoz (Yabur), Córdoba, Braghieri e Blanco (Arango); Perlaza (Duque) e Barrera (Rovira); Andrade (Hernández), Torres (Mafla) e Quiñones (Moreno); Candelo (Gómez). Técnico: Pompilio Páez

Futebol