Topo

Futebol


Elenco do Figueirense desmente nota da diretoria e mantém greve

22/08/2019 15h57

Na manhã desta quinta-feira, a diretoria do Figueirense emitiu uma nota onde confirma o pagamento dos salários do clube e dos atletas e comissões técnicas das categorias sub-15 e sub-17, mas ao que tudo indica a situação não é essa.

Chateados com a postura da gerência, o elenco principal do Figueira compareceu ao estádio Orlando Scarpelli e desmentiu a nota. O capitão Zé Antônio, principal líder do elenco, afirmou que não tem nenhum salário em dia e a greve está mantida.

Em outro ponto da conversa com a imprensa, o volante revelou que não gostou de ver o seu nome na nota oficial do clube, pois na sua visão, é uma forma de jogá-lo contra a torcida.

Questionados sobre a previsão para voltar aos trabalhos, os jogadores declararam que nos próximos devem tomar uma decisão sobre o encerramento da greve.

O próximo jogo do Figueirense está marcado para sábado, às 19h (Horário de Brasília), diante do CRB, no Orlando Scarpelli.

Confira a nota divulgada pelo Figueirense nesta quinta-feira:

Conforme ratificado no termo de compromisso assinado com a Associação Figueirense, o Figueirense Futebol Clube informa que a regularização dos pagamentos de 2019 segue sendo feita até o dia 28 de agosto.

Conforme o planejamento financeiro preestabelecido pela diretoria, os salários dos funcionários, incluindo os da sede e do Centro de Formação e Treinamento (CFT) do Cambirela, foram colocados em dia nesta quinta-feira (22).

As categorias sub-15 e sub-17, que também estão trabalhando normalmente, receberam duas ajudas de custo neste dia (22). O mesmo vale para as respectivas comissões técnicas.

As pendências anteriores serão equacionadas a partir de negociações pontuais, como já ocorreram nas últimas semanas e foram aceitas por jogadores profissionais, como o volante Zé Antônio, e fornecedores.

Mais Futebol