Topo

Futebol


Santos precisa parar de cometer erros individuais se quer ser campeão

18/08/2019 18h54

Com mais erros individuais, o Santos perdeu para o Cruzeiro, por 2 a 0, neste domingo, no Mineirão, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado fez o Peixe engatar sua segunda derrota consecutiva no torneio nacional.

Nos dois resultados negativos, o Peixe também perdeu para si mesmo. Contra o São Paulo, Aguilar cometeu um pênalti e escorregou antes de Alexandre Pato dominar a bola e marcar para o Tricolor. Pituca, por ter perdido a bola no meio-campo, também foi responsável pelo terceiro gol do rival.

Neste domingo contra a Raposa, o atacante Derlis González perdeu a bola no ataque, Pedro Rocha foi acionado em contra-ataque e o zagueiro Gustavo Henrique cometeu uma falta perto da área. Por ser o último homem do Peixe, o camisa 6 foi expulso com três minutos de partida.

Com 10 jogadores no gramado, o Santos foi pressionado. Quando tinha a bola, não conseguia manter a posse e sequer deu trabalho ao goleiro Fábio. Os erros de passes na defesa também fizeram diferença.

Com a expulsão de Gustavo, o técnico Jorge Sampaoli promoveu a entrada do lateral-direito Pará. Esta decisão foi errada. O comandante poderia ter utilizado o defensor Luiz Felipe para fazer companhia a Lucas Veríssimo. Com a entrada do camisa 31, o argentino preferiu improvisar Jorge de zagueiro.

Pará não conseguiu corresponder às expectativas, fez uma má partida e ainda deu condição para Fred finalizar e marcar o primeiro gol do jogo.

Na segunda etapa, o Cruzeiro chegou ao segundo gol por envolver mais uma vez o Santos com passes rápidos. A Raposa poderia ter aumentando a vantagem nos minutos seguintes, mas o goleiro Everson salvou o Alvinegro com defesas difíceis. Soteldo também tentou impor um ritmo mais rápido, porém sofreu com a falta de aproximação de seus companheiros.

O Santos ainda é líder do Brasileiro, com 32 pontos, e terá o Fortaleza no próximo domingo, às 16h, na Vila Belmiro, para tentar impedir de cometer mais erros individuais e retornar ao caminho das vitórias.

Mais Futebol