Topo

Futebol


Trauco discreto; Cuéllar e Arrascaeta no banco: o trio do Fla na primeira rodada da Copa América

17/06/2019 18h05

A primeira rodada da Copa América se encerra logo mais com o duelo entre Japão e Chile, no Morumbi, às 20h30. Para o trio do Flamengo em disputa, o foco já está na próxima rodada. Miguel Trauco, Gustavo Cuéllar e Giorgian De Arrascaeta já fizeram suas estreias por Peru, Colômbia e Uruguai, respectivamente. Apesar das vitórias de Uruguai e Colômbia e do empate do Peru, individualmente, nenhum brilhou. Nos casos de Cuéllar e Arrascaeta, nem do banco ambos saíram.

Trauco - Peru

Titular na Copa do Mundo, o lateral do Flamengo segue com a moral em alta com o técnico Ricardo Gareca. Com vaga cativa no onze inicial, Trauco, dessa vez, não teve atuação destacável. Diante de um bom sistema defensivo montado por Dudamel, técnico da Venezuela, o rubro-negro não foi peça efetiva no ataque. Atuou os 90 minutos, mas sem a constância de outrora com a camisa da seleção. O jogo terminou 0 a 0. O Peru volta a campo nesta terça-feira para enfrentar a Bolívia, às 18h30, no Maracanã.

Cuéllar - Colômbia / Arrascaeta - Uruguai

Cuéllar e Arrascaeta não só não entraram em campo, como viram os "rivais" na disputa por posição terem atuações de destaque. Na Colômbia, o volante Wilmar Barrios foi implacável na marcação no meio-campo e desarmou Lionel Messi por mais de uma vez. Foi um dos grandes nomes da vitória por 2 a 0 contra a Argentina. O próprio Cuéllar exaltou a atuação do companheiro após a partida. Na quarta-feira, os Cafeteiros encaram o Catar, às 18h30, no Morumbi.

Arrascaeta, por sua vez, viu Nicolás Lodeiro, ex-Botafogo e Corinthians, marcar um golaço que abriu a goleada do Uruguai por 4 a 0 contra o Equador. No Mineirão, o meia foi xingado a cada vez que aparecia no telão por torcedores do Atlético-MG e do Cruzeiro, que taxaram-o de "traidor" pela transferência ao Flamengo. Após a partida, o técnico Oscar Tabarez salientou que Arrascaeta deve ter oportunidades mais à frente. O próximo compromisso é na quinta-feira contra o Japão, às 20h, na Arena do Grêmio.

Mais Futebol