Topo

Futebol


Patrocinador da Seleção anuncia marcas que aceitaram apoiar o futebol feminino no Brasil

22/05/2019 15h29

Menos de um mês antes do início da principal competição de futebol feminino do mundo, começaram a vazar os nomes das convocadas. A agência de publicidade Almap BBDO, Boticário, DMCard, GOL e Lay's aderiram ao chamado de Guaraná Antarctica e são as primeiras marcas a entrarem no movimento de apoio à modalidade no Brasil. Se o futebol é o esporte mais amado pelo brasileiro, não existe momento melhor para mostrar que a equipe feminina também é um orgulho da nação, ou melhor, "É Coisa Nossa".

Patrocinador das seleções brasileiras masculina e feminina de futebol há 18 anos, Guaraná Antarctica fez um mea-culpa e abriu os olhos para a pouca utilização das esportistas nas campanhas, inclusive nas suas. Então, chamou a atacante Cristiane, a meia Andressinha e a lateral-direita Fabi Simões para um ensaio fotográfico simulando a participação em propagandas de diversos segmentos. Foi aí que outras marcas entraram em campo, se interessando por algumas dessas imagens. O valor arrecadado com a venda será dividido entre as jogadoras e o Joga Miga, um projeto sem fins lucrativos, que conecta mulheres que querem jogar futebol em todo o Brasil.

De acordo com Keka Morelle, diretora executiva de criação da campanha ao lado de Marcelo Nogueira, ambos da AlmapBBDO, no ano passado houve dezenas de comerciais com jogadores da seleção por causa do mundial de futebol.

- Neste ano tem mundial feminino e raras são as marcas que estão usando as jogadoras nos seus comerciais. E é aquele círculo vicioso: o futebol feminino não é mais popular por que não recebe mais investimento ou ele não recebe mais investimento por que não é mais popular? De qualquer maneira, ele precisa de mais propaganda e é muito gratificante não só participar da criação desta campanha para Guaraná Antarctica, mas ver também o interesse de tantas outras grandes marcas em se juntar a esse movimento - afirmou a executiva.

- Estamos muito felizes em apoiar essa iniciativa tão relevante para valorizar o futebol feminino. O Boticário apoia projetos que reforçam seus valores e a representatividade feminina é um deles. Recentemente, o Grupo Boticário anunciou a iniciativa 'Com você Jogo Melhor', que libera os colaboradores para assistirem aos jogos da Seleção feminina durante a Copa do Mundo, então, faz muito sentido nos unirmos a este movimento - explicou Cristiane Irigon, diretora de Comunicação do Boticário.

- Ao tomar conhecimento da campanha, ficamos muito felizes ao ver que as mulheres estão começando a receber reconhecimento pelo seu talento no esporte. Para nós, o desafio já fora aceito, até mesmo antes dele existir, mostrando que a DMCard está no caminho certo em um de seus valores mais significativos, a inclusão - dsse Carlos Tamaki, diretor financeiro da DMCard.

- Temos acompanhado notícias tristes de atletas pelo Brasil perdendo oportunidades por falta de verba e apoio de patrocinadores. Por isso, estar em uma companhia que segue o caminho oposto enche de orgulho a mim e a todos nossos colaboradores - concluiu o executivo.

- A GOL apoia o crescimento e o desenvolvimento do esporte brasileiro e é com muito orgulho que somos a companhia aérea oficial das seleções feminina e masculina de futebol. Juntos vamos levar a torcida para vibrar muito nos jogos - afirmou German Carmona, gerente de marketing da GOL.

- Lay's ativa globalmente o território de futebol, e desde que a marca chegou ao Brasil, onde o esporte é paixão nacional, nos mantivemos conectados com essa plataforma e de fato vimos que a representatividade feminina nesse ambiente ainda é inexpressiva, o que nos levou a promover ações inéditas como "A narradora": reallity show que levou a 1ª mulher brasileira a narrar um jogo da semifinal da UEFA Champion League. Por isso, quando surgiu o convite de Guaraná topamos de cara, pois está alinhado com o que acreditamos - comentou Anna Carolina Teixeira, diretora de marketing de Lay's no Brasil.

Apesar deste jogo ainda estar no começo, o Joga Miga já tem muito o que comemorar.

- É sempre bom ver iniciativas como essa. E tudo fica ainda melhor com a adesão e o engajamento de novas marcas. Com o valor arrecadado, podemos dar mais visibilidade para o nosso projeto e para o futebol feminino. Pretendemos criar duas turmas gratuitas para as meninas praticarem em São Paulo, além de mantermos aquelas já existentes. Também temos a chance de desenvolver um espaço para categorias de base, inserindo as meninas cada vez mais novas na modalidade - disse Nayara Perone, responsável pelo Joga Miga.

Nessa empreitada para dar mais visibilidade ao futebol feminino, Guaraná Antarctica pretende revelar os nomes de novas convocadas em breve. As marcas que ainda quiserem entrar no movimento podem enviar mensagem para Guaraná pelas redes sociais do refrigerante.

- Ficamos muito felizes com a adesão das primeiras empresas. Quanto mais marcas entrarem nessa causa, melhor. Queremos não apenas ajudar as jogadoras da Seleção Brasileira, mas também o futebol feminino no país. A modalidade sempre nos deu orgulho, sendo praticada pelos homens ou pelas mulheres. Esse esporte "É Coisa Nossa" - declarou Daniel Silber, gerente de marketing de Guaraná Antarctica.

Mais Futebol