Alemanha bate França nos pênaltis e conquista título inédito do Mundial sub-17

Na manhã deste sábado (2), a Alemanha bateu a França nos pênaltis, por 4 a 3, e conquistou seu primeiro título da Copa do Mundo sub-17 no Stadion Manahan, em Surakarta, Indonésia. Os gols do empate em 2 a 2 no tempo normal foram marcados por Brunner, de pênalti, e Darvich. Bouabré e Amougou descontaram para os franceses.

Apesar da solidez defensiva dos franceses ao longo do torneio (tinham sofrido apenas um gol até a final), a organização da defesa neste sábado não foi das melhores. A Alemanha soube aproveitar suas chances, mas com um a menos por boa parte do segundo tempo, os franceses chegaram ao empate. Assim, a partida se encaminhou para a disputa de pênaltis.

A França converteu suas duas primeiras cobranças, enquanto Eric Moreira perdeu a primeira da Alemanha, parando em boa defesa de Argney. Mas tudo voltou à igualdade quando o francês Sanguy acertou o travessão. Meupiyou perdeu para a França e a Alemanha passou a frente com Harchaoui, mas Brunn desperdiçou a chance de acabar com a disputa. Porém, o goleiro Heide defendeu a batida de Gomis e Kabar converteu para levar a Alemanha ao título.

A Alemanha sub-17 ganhou, assim, seu segundo título em cima dos franceses em 2023. Os alemães já haviam superado os rivais europeus na decisão da Eurocopa da categoria, em que a seleção alemã conquistou o troféu, também nas penalidades máximas, mas por 5 a 4.

O jogo

A partida começou bem aberta, com as duas equipes dispostas a atacar para abrir o marcador. E quem marcou primeiro foi a Alemanha. Após cruzamento na grande área, Brunner recebeu uma bola escorada e finalizou ao gol, mas o tento foi anulado por impedimento.

Depois do gol anulado dos alemães, a França voltou a crescer no jogo. Com 21 minutos, Bouabré fez linda jogada. O camisa 8 recebeu pela esquerda e cortou para o meio, tirando a marcação alemã. Ele entrou na grande área e acertou um lindo chute, mas o goleiro alemão fez boa defesa.

E, rapidamente, os alemães responderam. Um minuto depois, Darvich bateu forte de dentro da área para defesa, no susto, do goleiro francês Argney. O arqueiro, porém, deu rebote, e na sobra de bola, a zaga francesa não conseguiu afastar e cometeu pênalti. Na cobrança, Brunner foi para a bola e converteu: 1 a 0.

Continua após a publicidade

No segundo tempo, a França começou pressionando pelo empate. Com isso, cedia espaços para contra-ataques da Alemanha. E aos cinco minutos, os alemães fizeram o segundo. Após cruzamento na grande área, Brunner tentou chegar, mas não alcançou. A bola chegou na segunda trave e Darvich completou para o fundo do gol, superando o goleiro Argney.

Mas os franceses não desistiram e responderam quase que imediatamente. Bouabré recebeu pelo lado esquerdo e adentrou a grande área. O atacante finalizou rasteiro na saída do goleiro alemão e diminuiu: 2 a 1. Com dez minutos, a França quase empatou. Titi subiu mais alto que a zaga alemã depois de cobrança de escanteio, mas o arqueiro da Alemanha fez linda defesa para evitar o empate.

Aos 23 minutos da etapa complementar, a Alemanha complicou a própria vida no duelo. Osawe levou o segundo cartão amarelo após dura entrada por trás e foi expulso. E aos 39 minutos, o empate francês chegou. Gomis ficou com a bola após boa tabela e avançou pela direita, entrando na grande área. O francês tocou para o meio e Amougou chegou para marcar o gol da igualdade.

Com o empate em 2 a 2, a partida se encaminhou para os pênaltis, e a Alemanha venceu por 4 a 3.

Konstantin Heide, goleiro da Alemanha, comemora após defender pênalti na final do Mundial sub-17
Konstantin Heide, goleiro da Alemanha, comemora após defender pênalti na final do Mundial sub-17 Imagem: Alex Caparros - FIFA/FIFA via Getty Images

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes