'Melhor não comentar, me proibiram de falar', diz Rodrygo sobre discussão com Messi

Após a vitória do Real Madrid sobre o Napoli pela Liga dos Campeões, Rodrygo evitou dar detalhes sobre a discussão acalorada com Messi, antes do último clássico entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias Sul-Americanas.

"Melhor não comentar. Me proibiram de falar sobre esse assunto. Acho que muita gente viu o que aconteceu, então nem preciso explicar. É o máximo que eu posso falar".

Rodrygo foi o autor de um dos gols do Real no compromisso pelo Grupo C da Champions, no Santiago Bernabéu, com placar de 4 a 2. Com o tento, ele entrou no top 10 de artilheiros do clube no torneio, igualando o espanhol José Martinez Pirri, com 18 gols.

"Estou muito feliz pelo momento que eu tenho vivido, estive trabalhando para isso desde o começo da temporada. Todo mundo sabe que o meu esforço era para isso, para continuar fazendo gols e dando assistências em jogos seguidos. Não tenho nem palavras para o que é entrar na história do Real Madrid. Sempre foi meu sonho, mas eu não sabia que chegaria tão rápido", declarou o atacante em entrevista à TNT Sports.

O camisa 10 da Canarinho na data Fifa de novembro também falou sobre as diferenças de rendimento dos jogadores em seus clubes e seleções, mas afirmou que não consegue explicar o porquê dos desempenhos serem tão distintos.

"Se eu soubesse (o que é), já não estaria mais acontecendo (risos). Também não sei explicar. Aqui no clube as coisas tem se saído bem, e é como eu sempre falo: continuar trabalhando para começar a dar certo na Seleção também. Tivemos uns últimos jogos de má sorte, em que começamos jogando bem e parecia que íamos ganhar, mas acontecia alguma coisa e a gente perdia. Mas agora temos bastante tempo até voltarmos para a Seleção e é se preparar no clube para chegar bem", pontuou o atleta.

Por fim, Rodrygo ainda celebrou a virada sobre o Napoli e admitiu que a equipe já estava cansada no segundo tempo, além de ter comentado sobre a estreia com gol de Nico Paz, jogador de 19 anos da base do Real Madrid.

"É aquilo que falamos: não sabemos explicar as coisas que só acontecem no Bernabéu. Confesso que já estavámos bem cansados no segundo tempo, faltando um pouco de perna. Mas o Nico (Paz) entrou e foi feliz em fazer o primeiro gol dele. Nós, que já vivemos essa sensação, nos alegramos muito quando um companheiro faz isso. Ele é um menino de muita qualidade e com certeza vai nos ajudar muito no futuro. Muito feliz por ele", finalizou.

O Real Madrid volta a campo já neste fim de semana. Os merengues enfrentam o Granada, neste sábado, às 14h30 (de Brasília), pela 15ª rodada de La Liga, no Santiago Bernabéu.

Continua após a publicidade