PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Soares mantém alto nível aos 39 anos e fala sobre sonho de medalha olímpica após frustração em Tóquio

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

30/11/2021 06h00

Mesmo aos 39 anos de idade, Bruno Soares segue representando o Brasil em alto nível no tênis. Ao lado de Jamie Murray, ele conquistou os ATPs 250 de Melbourne e de São Petesburgo em 2021 e, com isso, atingiu a expressiva marca de 35 títulos na carreira.

"Para mim é quase que uma loucura. 68 finais, 35 títulos, seis de Grand Slam. Muito mais do que eu sonhava, é muito bacana poder viver esse momento. Essa longevidade também é muito bacana, estou na minha 14ª temporada. É muito gratificante. Poder viver meu sonho diariamente é gratificante", disse em entrevista à Gazeta Esportiva.

Além dos canecos, Bruno e Murray também atingiram outros números expressivos na temporada. A dupla foi finalista no Aberto dos Estados Unidos e semifinalista no Aberto da Austrália. Agora, a expectativa para 2022 é seguir indo longe nos principais torneios internacionais.

"A expectativa para 2022 é super positiva. Tive um 2021 um pouco complicado, com todos os problemas fora das quadras, todo o protocolo foi bem desgastante, mas a segunda parte do ano foi super motivante. Terminamos o ano jogando bem, fazendo uma final de Grand Slam e ganhando mais um título. Estou me sentindo ainda jogando em alto nível", analisou o brasileiro.

Atual número 16 do ranking de duplas, Bruno Soares também não escondeu o seu desejo de disputar as Olimpíadas de Paris, em 2024. A princípio, ele jogaria em Tóquio, ao lado de Marcelo Melo, mas virou desfalque de última hora devido a uma apendicite.

"Depois de ter perdido as Olimpíadas de Tóquio, fica aquele gostinho amargo de tentar uma última vez essa tão sonhada medalha. Temos que ir ano a ano, fazendo a avaliação e, quem sabe, se o físico e o corpo deixarem, eu possa ir para Paris", comentou.

Até o momento, apenas Luisa Stefani e Laura Pigossi conseguiram levar o Brasil ao pódio olímpico. A dupla conquistou o bronze em Tóquio.

Futebol